COOPERATIVISMO CONTRA A CRISE

Ver todas as notícias

Publicações

Artigos

EBOOK



DESTAQUES DA REVISTA

NOTÍCIAS DO SISTEMA

PUBLICIDADE

Olhar MundoCoop

Desde 2013, a Cooperativa Vinícola Garibaldi tem consumido energia elétrica oriunda apenas de fontes limpas. Isso significa que, desde então, deixou de emitir mais de 1 milhão de toneladas de dióxido de carbono (tCO₂), segundo a Ludfor Energia Ltda., que concedeu à vinícola o Certificado de Energia Renovável. Somente em 2019, a redução foi de 148.473 tCO₂ – nos últimos sete anos, o acumulado é de 1.031.174 tCO₂. Na cooperativa, todo o consumo de energia advém de usinas que trabalham com fontes renováveis (eólica, solar, biomassa, Pequena Central Hidrelétrica e Central Geradora Hidráulica), seguindo os valores de empresas em obter uma matriz energética ambientalmente limpa e sustentável, sem agredir o meio ambiente. Os índices foram medidos de acordo com uma das ferramentas internacionais mais utilizadas para entender, quantificar e gerenciar as emissões de gases do efeito estufa, o Green House Gas Protocol. Na foto, Oscar Ló, presidente da Cooperativa Vinícola Garibaldi recebe o Certificado. Crédito da foto: Aline Lazzari



Publicidade