Codevasf investe R$ 2 milhões na mecanização da agricultura familiar em AL

Publicado em: 21 novembro - 2020

Leia todas


Por meio de emenda parlamentar, a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba) já investiu, este ano, cerca de R$ 2 milhões em mecanização da agricultura familiar de municípios alagoanos.

Desse modo, 31 associações e cooperativas, além de uma prefeitura municipal, puderam receber máquinas e implementos, com vistas à modernização da produção agrícola familiar. A previsão é de que, até dezembro, outras instituições cooperativas alagoanas também serão beneficiadas. A região responde pelo cultivo de produtos como a mandioca, milho, além de se dedicar à fruticultura.

Entre o maquinário repassado pela Codevasf às instituições estão sulcadores, tratores, grades aradoras, tanques redes, batedeiras de cereais, carretas tanques, tanques pipa, ordenhadeira mecânica e tanques de resfriamento de leite. Um exemplo de entidade beneficiada é a Associação Indígena Xukuru-Kariri, de Palmeira dos Índios (AL). Fundada pelo pajé Miguel Xukuru-Kariri em 1991, a associação presta apoio à agricultura familiar da etnia indígena, em que são cultivados banana, manga, mamão, coco, caju, repolho, couve, cebola, entre outras, no sistema agroecológico. Anteriormente, a entidade já havia recebido um trator, uma carreta agrícola, um tanque pipa de 5 mil litros, uma roçadeira, uma ensiladeira e um sucador leve.

A organização já havia sido beneficiada anteriormente com um trator, uma carreta agrícola, um tanque pipa de 5 mil litros, uma roçadeira, uma ensiladeira e um sucador leve. De acordo com o superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Ricardo Lisboa, a intenção é fazer com o que os investimentos realizados contribuam para estruturar atividades produtivas já existentes, mas que não dispunham de recursos para ter acesso novas tecnologias agrícolas que otimizassem o trabalho no campo.  

Além de salientar a importância do papel desempenhado pela agricultura familiar na produção de alimentos do país, Lisboa lembrou que a iniciativa proporciona trabalho e renda a milhares de famílias alagoanas, que permanecem fixadas no campo, produzindo e distribuindo riqueza. “Para isso, contamos com investimentos por meio de emendas parlamentares”, afirmou. Nesse sentido, ele incentivou outras organizações a seguirem o mesmo caminho, “entrando em contato com a Codevasf, para apresentar demandas, posteriormente analisadas por nosso corpo técnico”, acrescentando que “atualmente, estruturamos atividades produtivas em áreas, como piscicultura e agricultura irrigada”, informou.


Marcello Sigwalt – Redação MundoCoop


Notícias Relacionadas



Publicidade