Cooperativa inaugura UBS com capacidade para beneficiar mais de 500 mil sacas de sementes

Publicado em: 02 dezembro - 2019

Leia todas


A Coprossel (Cooperativa de Produtores de Sementes) inaugurou, na manhã desta sexta-feira (29/11), em Laranjeiras do Sul (PR), a Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS), considerada uma das mais modernas do Brasil. A cooperativa investiu R$ 28 milhões no empreendimento, que tem capacidade para processar 300 mil sacas de sementes de soja, 150 mil de trigo e 60 mil de feijão. A nova planta vai gerar 60 empregos diretos e amplia a escala e a competitividade da cooperativa num mercado que traz melhor remuneração à produção dos cooperados. A solenidade de inauguração reuniu cooperados e familiares, colaboradores, autoridades locais e representantes do setor cooperativista, dentre eles o presidente da Coprossel, Paulo Pinto de Oliveira Filho, e os superintendentes da Ocepar e da Fecoopar, Robson Mafioletti e Nelson Costa.

De acordo com o presidente da cooperativa, Paulo Pinto de Oliveira Filho, a Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS) é o maior projeto da Coprossel até hoje e vai aumentar a escala de produção e comercialização. “Vamos atender aos mercados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraná, e também já temos diversas parcerias com outras empresas que antes não podíamos atender e agora poderemos em função do aumento da capacidade de produção”, comemora. O presidente enfatiza que são produzidas sementes com a melhor genética, no que existe de mais moderno nesse aspecto. “Sem sombra de dúvidas é a maior e melhor UBS que está sendo construída no Paraná e América do Sul no último ano”, conclui.

A Coprossel foi fundada em 1991 e reflete no nome, sua expertise em produção e beneficiamento de sementes. Atualmente conta com mais de mil associados e 230 colaboradores diretos. Sua capacidade instalada de armazenamento é de 43.1 mil toneladas, distribuídas nas unidades dos municípios de Laranjeiras do Sul (sede e filial), Rio Bonito do Iguaçu, Nova Laranjeiras e Virmond. Os associados também contam com o moinho Coprossel, o qual processa a farinha da cooperativa que é comercializada por todo o território brasileiro.


Fonte: Imprensa Sistema Ocepar



Publicidade