Assembleias digitais e os impactos do on-line no cooperativismo – Moacir Krambeck é presidente do Conselho de Administração do Sistema Ailos

Publicado em: 01 agosto - 2020

Leia todas


Vivemos tempos de mudanças, de se habituar a uma nova rotina e estar cada vez mais on-line. O mundo digital, que já é comum a muitos, ainda encontra resistência. Para o cooperativismo de crédito, transformações também foram necessárias. Apesar do digital ser algo presente no dia a dia das cooperativas e cooperados, agora virou um meio indispensável.

O cooperativismo é feito de gente, de envolvimento, de proximidade. Como agregar, envolver e transformar em tempos de distanciamento social? No Sistema Ailos acreditamos que precisamos estar sempre em movimento para conseguir atravessar diferentes e desafiantes décadas. A exemplo das nossas assembleias, que são o órgão social máximo e a principal representação da gestão democrática de uma cooperativa. É na assembleia que o cooperado garante seu direito de participação através do seu voto em relação às informações apresentadas das contas do ano que se passou e o plano de trabalho para o ano que se inicia.

No momento em que o mundo precisou mudar completamente sua rotina para lutar contra a pandemia, as cooperativas foram desafiadas a transpor barreiras físicas e resistências culturais, na promoção de assembleias totalmente digitais, com voto válido de forma 100% on-line. A primeira assembleia digital do Sistema Ailos foi realizada em junho e no primeiro mês já contabilizamos 83 eventos on-line com mais de 6 mil participações de cooperados.

O cooperativismo nasceu em um cenário desafiador, no ano de 1844. Desde então, tem se apresentado um modelo sustentável e resiliente em momentos como este que vivemos hoje. A proposta de realização de assembleias de maneira 100% digital já era discutida no meio cooperativista. Percebemos que estamos no caminho da solidificação deste formato, que abre a possibilidade de alcançar novos patamares. Se antes as assembleias eram limitadas a áreas geográficas, agora a realização de forma digital possibilitou outros horizontes. Por enquanto estamos 100% on-line, mas no momento adequado poderemos unificar as versões on e off e criar um modelo híbrido para as interações entre cooperativas e cooperados. Temos a nossa frente um campo fértil, de futuros cooperados que, assim como eu, acreditam que toda a mudança tem que vir acompanhada de uma dose de otimismo. Proponho continuarmos juntos, enfrentando o que for necessário para garantir sempre o bem coletivo.


*Por Moacir Krambeck é presidente do Conselho de Administração do Sistema Ailos



Publicidade