Cidadania financeira e empoderamento – por Ivo José Bracht*

Publicado em: 06 agosto - 2018

Leia todas


A vida financeira é um dos aspectos da vida das pessoas que interfere diretamente em vários outros. Finanças desorganizadas e falta de conhecimento a esse respeito causam impactos negativos em diversas frentes do nosso convívio. Só quem tem informação, educação e controle sobre a sua vida financeira tem o poder de tomar decisões que garantam segurança, estabilidade e oportunidades para sua família e para a comunidade. E este, é um dos temas recorrentes nas cooperativas de crédito.

Um conceito chamado cidadania financeira é a raiz das discussões do mercado. Em resumo, significa levar conhecimento para empoderar as pessoas, independentemente de sua renda, sobre as suas finanças. Fazer com que elas entendam de que forma podem lidar com o dinheiro e como ele impacta na sua rotina é essencial para que se tornem cidadãos com mais qualidade de vida.

O Brasil ainda precisa avançar, e muito, quando o assunto é dinheiro. Uma pesquisa do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) com a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) mostrou que 80% da população ainda não sabe gerir os próprios recursos.

Este dado alerta para a importância de se investir em ações para que o cidadão tenha mais consciência sobre a sua renda e como torná-la uma aliada e não uma inimiga. É preciso quebrar alguns mitos como o de que o crédito é uma ferramenta apenas para horas de dificuldade. Se bem utilizado, com planejamento e motivação corretos, a tomada de empréstimos pode ser uma importante alavanca para uma melhora na vida das pessoas e a expansão nas empresas.

É por isso que as cooperativas trabalham tanto com a formação das pessoas. Por meio da educação e do conhecimento, o cidadão se sente empoderado para tomar as suas próprias decisões e apto a impactar positivamente a cadeia da economia local.

O nosso propósito é gerar cidadania financeira para as pessoas. Porque acreditamos que a partir daí o cidadão não só se torna mais consciente de suas possibilidades, como também assume o papel de protagonista sobre a própria vida, agindo com mais confiança e segurança.

 

* Ivo José Bracht é diretor executivo da Sistema Ailos

 



Publicidade