Mais prosperidade para o Brasil – por Marcelo Baiocchi Carneiro*

Publicado em: 17 outubro - 2018

Leia todas


No dia 07 de outubro, os brasileiros exerceram o mais importante gesto de cidadania que há numa democracia, que é o ato de votar. O povo escolheu com a esperança de que os novos governantes possam promover as mudanças necessárias para o País. Escolheu também ter mais tempo para avaliar melhor as propostas dos dois candidatos a presidentes da República, que disputarão o segundo turno no próximo dia 28.

Esperamos que o futuro Presidente da República, juntamente com o congresso renovado, possa recolocar o Brasil nos trilhos do crescimento. Que ele possa unir o País, tirá-lo da grave crise econômica da qual se encontra e possa, mais uma vez, fazer essa nação prosperar. O cooperativismo de crédito é um dos caminhos para isso.

O crédito responsável é um instrumento essencial para estimular o consumo e, assim, movimentar a economia. As cooperativas fomentam o crédito de uma forma consciente e sustentável. Pelo fato de não visarem ao lucro, elas ofertam produtos e serviços financeiros com taxas de juros mais atrativas em relação aos bancos comerciais.

Portanto, o cooperativismo de crédito é uma alternativa para que pessoas físicas e jurídicas tenham uma vida financeira mais equilibrada e sustentável. Há 170 anos é uma opção para mais de 500 milhões de pessoas de 109 países.

No Brasil, esse número chega a 10 milhões. São pessoas que encontraram uma vida financeira mais próspera no cooperativismo. “Encontre Prosperidade em uma cooperativa de crédito”. Essa é uma recomendação que todos nós fazemos para aqueles que nos cercam e que ainda não fazem parte deste sistema. Neste ano, a frase é mais do que uma recomendação, é também tema das comemorações do Dia Internacional das Cooperativas de Crédito (DICC) a ser comemorado amanhã, dia 18, data celebrada sempre na terceira quinta-feira do mês de outubro.

Desde 1902, com a criação da primeira cooperativa de crédito no Brasil – que está em plena atividade até os dias de hoje – na cidade de Nova Petrópolis (RS), o cooperativismo de crédito tem proporcionado mais prosperidade na vida de milhões de brasileiros. Em Goiás, o cooperativismo de crédito se consolida na década de 1980, quando foi inaugurada a então Cocecrer-GO, hoje Sicoob Goiás Central, que possui, atualmente, 75 agências em 65 municípios e mais de 60 mil associados. São goianos e tocantinenses que descobriram no cooperativismo de crédito uma forma de ter mais prosperidade.

 

*Marcelo Baiocchi Carneiro é presidente do Sicoob Goiás Central



Publicidade