Conheça o setor


Cooperativismo é um sistema que permite às pessoas se organizarem num empreendimento de autogestão para fazer frente às suas aspirações econômicas e sociais comuns. Reunidos numa cooperativa, os sócios cooperados não apenas reduzem custos como ganham maior poder de barganha, uma vez que negociam em grupo o seu produto ou a sua força de trabalho, e assim conseguem se inserir e competir no mercado.

A cooperativa não concentra renda ou acumula capital, pois existe simples e necessariamente para melhorar as condições de vida de seus associados. Não há o objetivo do lucro, mas sim o de gerar e distribuir renda aos cooperados de forma proporcional ao trabalho ou participação de cada um. É um empreendimento de gestão transparente e democrática, onde os rumos do negócio obedecem à decisão da maioria. Não há a figura do patrão. Todos os cooperados são donos, empreendedores, e têm direito a voto.

Qualquer pessoa pode participar de uma cooperativa, desde que assuma as responsabilidades como membro. Não há discriminação de qualquer espécie, seja sexo, raça, classe social, opção política ou religiosa.

O cooperativismo se encaixa nas mais diversas atividades econômicas, ligadas principalmente a relações de consumo, produção ou de prestação de serviços.

Com uma estrutura mundial, as cooperativas são representadas pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI), órgão fundado em 1895, hoje com sede em Genebra. A ACI reúne organizações de cooperativas de 92 países, que congregam perto de 1 bilhão de cooperados. No Brasil, as cooperativas são representadas pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), com sede em Brasília, e por suas unidades estaduais. Na OCB, elas estão distribuídas em 13 ramos distintos, conforme as particularidades de cada setor.

Publicidade