Consórcios e cooperativas de crédito crescem no Brasil

Publicado em: 09 agosto - 2018

Leia todas


O Banco Central divulgou o Panorama do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo e o Panorama do Sistema de Consórcio, que mostram crescimento em ambos segmentos. Esse crescimento é consistente com a Agenda BC+ de apoio a concorrência no sistema financeiro através da sua segmentação e proporcionalidade, que levam ao alivio no custo para instituições menores, através de menor complexidade regulatória.

Os dados mostram que a participação das cooperativas de crédito aumentou em todos os principais agregados do Sistema Financeiro Nacional. A carteira de crédito apresentou crescimento de 15% em 2017, superando o crescimento observado em 2016, da ordem de 10%, e manteve-se como o principal componente do ativo do segmento.

O número de cooperados cresceu 8%, alcançando a marca de 9,6 milhões de cooperados, com destaque para o forte crescimento, de 19%, em pessoas jurídicas. No final do ano passado, havia quatro confederações, 35 centrais cooperativas, 967 cooperativas singulares e dois bancos cooperativos em atividade no país. O documento tem dados do setor desde 2012.

Em relação aos consórcios, observa-se um crescimento de 7,7% da carteira dos consorciados já contemplados, alcançando R$ 48,6 bilhões.  Em dezembro de 2017, havia 155 administradoras de consórcios, 18,1 mil grupos e 6,9 milhões de cotas de consorciados ativas. O Panorama do Sistema de Consórcio contém dados do setor desde 2009.

Essa é a segunda divulgação dos dois relatórios, cuja periodicidade é anual e tem como referência a data base dezembro do ano anterior. Os documentos apresentam uma análise agregada das operações de consórcio e de crédito cooperativo, em bases comparativas anuais com foco nos movimentos observados no ano de 2017.

 

Fonte: Banco Central



Publicidade