Histórias Reais do Cooperativismo

Publicado em: 11 outubro - 2018

Leia todas


Visando mostrar a força do Cooperativismo Gaúcho na inclusão e no interesse pela comunidade a OCERGS apresenta o segundo episódio do projeto Histórias Reais do Cooperativismo. O protagonista a vez é o imigrante haitiano Junior Gilles, que, ao enfrentar inúmeras dificuldades em seu país natal após o fatídico terremoto de 2010, encontrou a oportunidade de recomeçar sua vida no Brasil, por meio do cooperativismo.

Preocupado com seu futuro e bem-estar de sua família, Junior fez parte de um grupo de 50 imigrantes que ingressaram na Dália Alimentos, em 2012. A cooperativa, que enfrentava um déficit de mão de obra na época, viu a chance de reforçar sua equipe e, ao mesmo tempo, prestar suporte individual e coletivo a outra comunidade.

Gilles, hoje funcionário da área de abate da Cosuel/Dália Alimentos, afirma que encontrou na cooperativa um ambiente de respeito e que o abraçou como se fosse da família. Animado, conta: “Hoje, se passar na rua, todo mundo me chama, todos me conhecem. É legal um lugar onde você vive e se sente em casa, onde todo mundo é tratado igual”.

A Cosuel/Dália Alimentos é uma entre as inúmeras cooperativas que apoiam a quebra de paradigmas para a inserção de mão de obra estrangeira no mercado nacional. Em outubro de 2017, do seu total de 2.213 funcionários, o percentual de estrangeiros era de 15%, todos com emprego formal. Sandra Lucca, supervisora do Setor Pessoal, exalta o trabalho conjunto para a efetividade da iniciativa: “Eu diria que, se o Projeto Dália deu certo, é porque várias mãos se juntaram. E, além de fazer o trabalho funcionar, viu uma forma de ajudar”.

Confira este episódio na íntegra em http://bit.ly/2y9a8yy. Inscreva-se no canal do Sescoop/RS no YouTube e reveja as temporadas passadas do Histórias Reais em www.historiasreais.coop.br.

 

Fonte: Sescoop/RS



Publicidade