Integração e Servidor se unem para virar a maior cooperativa de crédito de Mato Grosso


Destaque


Assembleia Geral Extraordinária realizada em 1 de outubro, aprovou a união de duas cooperativas Sicoob: Integração e Servidor, que somam 10,4 mil associados. Essa incorporação cria a maior cooperativa financeira do Sicoob Central MT/MS. As estimativas de negócios são crescentes para os próximos anos e os primeiros passos começam a ser dados ainda este ano, com a inauguração de duas novas agências no interior, seguidas, no primeiro semestre de 2018, de outras duas.

O Sicoob Integração, com a incorporação do Sicoob Servidor, passa a contar com ativos totais que chegam a R$ 139,5 milhões, o que representa um crescimento de 61%. O resultado operacional mensal chegará a R$ 1,4 milhão, um aumento de 42%. Já as operações de crédito crescerão 83% chegando a uma carteira de R$ 102,7 milhões. Além disso, está em fase de estudos a abertura de 11 novas agências, além de adequação da estrutura atual das agências do Sicoob Servidor.

As vantagens da incorporação também se refletem na redução de custos administrativos, maior vantagem competitiva no mercado e fortalecimento em curto prazo, maior possibilidade de ofertar produtos e serviços em condições diferenciadas, credibilidade, ganho de escala econômica e operacional e geração de resultados consistentes.

A união foi bastante festejada pelo presidente do Sicoob Integração, Maurício Lúcio Nantes, que lembrou o incentivo recebido por parte do próprio Banco Central do Brasil: “Nós precisamos crescer para ganhar musculatura, para permanecer no processo, no sistema. Já houve outras incorporações recentemente aqui em Mato Grosso, que andava fraco em relação à força do Sicoob em nível nacional. Hoje isso está mudando a olhos vistos. Nós queremos ganhar escala, expandir”.

“Certamente vamos fazer uma bela história a partir de agora com uma cooperativa mais robusta, mais estruturada e com condições de fazer a diferença nesse mercado financeiro que é muito competitivo. É um momento histórico que vivemos hoje, estou muito feliz de estar participando disso”, comemorou o diretor executivo Milton Jurandi dos Santos. “São duas grandes cooperativas que se unem para um bem maior que é o nosso cooperado. Nascemos com uma força de 12 agências, R$ 139 milhões de ativos, ou seja, a maior cooperativa no estado de Mato Grosso. É um olhar para o futuro”, ressaltou a diretora de negócios Darlly Vargas Olivarez Rodrigues, que até então respondia pela presidência do Sicoob Servidor.

O presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Mato Grosso (OCB/MT), Onofre Cezário de Souza Filho, também se posicionou favorável à união, frisando que “não existe fórmula mágica, quanto maiores em número de associados, mais viáveis são as cooperativas. É questão de mercado, de inteligência e também de abrir as prerrogativas para que o cooperativismo cada vez mais se alavanque, seja melhor e trabalhe por um mundo melhor. Isso que eu vejo”.



Publicidade