Levantamento aponta mais da metade da população gaúcha envolvida no cooperativismo

Publicado em: 08 outubro - 2019

Leia todas


O levantamento apontado pela Expressão do Cooperativismo Gaúcho 2019 indica que o Rio Grande do Sul conta mais de 2,9 milhões de associados distribuídos em cooperativas. Os números demonstram a essência e o DNA do cooperativismo no Estado. Considerando que a família de cada associado se constitui, em média, de duas pessoas, mais da metade da população gaúcha está envolvida com o cooperativismo.

Segundo o IBGE, a população estimada para o Rio Grande do Sul em 2019 é de 11.377.239 pessoas, o que representa a participação de 51% da população do Estado com o setor cooperativo. O crescimento acentua-se nos últimos cinco anos, período em que o número de associados passou de 2,5 milhões (em 2014) para mais de 2,9 milhões de associados em 2019.

Faturamento recorde

O balanço divulgado no relatório Expressão do Cooperativismo Gaúcho 2019 aponta o faturamento recorde de R$ 48,2 bilhões, com incremento de 12,13% em relação ao período anterior. Os números confirmam a posição de destaque do setor no Estado.

“Nos últimos quatro anos, nossas cooperativas registraram crescimento no faturamento na ordem de 54,63%, uma média de 11,60% ao ano, que justifica a força do movimento cooperativo gaúcho e o esforço de 2,9 milhões de associados”, destaca o presidente do Sistema Ocergs- Sescoop/RS, Vergilio Perius.

Geração de empregos e crescimento nas sobras

As cooperativas gaúchas geraram 63,8 mil empregos diretos. Desses, 90,7% concentram-se nos ramos Agropecuário, Saúde e Crédito. A eficiência econômica das cooperativas gaúchas também se evidencia através do crescimento de 18,49% nas sobras apuradas, atingindo o valor de R$ 2,1 bilhões.

Em patrimônio líquido, as cooperativas alcançaram R$ 15,8 bilhões, uma expansão de 12,61% em relação ao ano anterior. Em relação aos ativos, o acréscimo foi de 7,34%, atingindo o valor de R$ 74,3 bilhões.


Fonte: Imprensa Sistema Ocergs



Publicidade