Prefeitura de Manaus regulamenta transporte executivo e alternativo


Destaque


 onibus

Os serviços de transporte público coletivo, nas modalidades executivo e alternativo, do município de Manaus (AM), foram regulamentos pelo Decreto de Lei nº 2.639, publicado no Diário Oficial do Município (DOM).

Os serviços serão prestados sob o regime de permissão cedida exclusivamente a profissionais autônomos, que poderão se organizar em associação ou cooperativa.

Para o presidente do Sistema OCB/Sescoop-AM, Petrucio Magalhães Júnior, a regulamentação do serviço do Sistema de Transporte Executivo e Alternativo é o reconhecimento da importância das cooperativas em Manaus como instrumento de geração de trabalho e renda para as pessoas que moram aqui.

Segundo Petrucio, com publicação do decreto, está vencida mais uma etapa dessa luta, e o cooperativismo sai fortalecido. Petrucio declarou ainda que neste momento as esperanças estão renovadas, e com o processo licitatório, preste a ser realizado, os trabalhadores organizados em cooperativas, na maioria amazonenses vão efetivamente assumir essas linhas, e a partir daí terão a segurança jurídica necessária para a renovação de toda a frota para atender ainda mais e melhor a população da cidade.

“Estamos investindo bastante na formação dos condutores cooperados, e agora com a regulamentação e a licitação, a segurança jurídica virá. Parabéns a todos os cooperados e também a prefeitura de Manaus que funciona como instrumento de organização do transporte público da capital”, afirmou o presidente.



Publicidade