Abiove prevê 104,60 milhões de ton de soja


Especial


soja

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) elevou para 104,60 milhões de toneladas a safra de soja em 2017, um aumento de 8,8% em relação à colheita de 2016 (96,10 milhões de t). O novo balanço de oferta e demanda anual foi divulgado em 13 de fevereiro juntamente com as estatísticas do complexo soja com dados mensais atualizados até dezembro de 2016.

Para a soja em grão a associação projeta crescimento de 13,8% na exportação da oleaginosa, de 51,58 milhões de t em 2016 para 58,70 milhões de t em 2017.  O processamento deverá passar de 39 milhões de t em 2016 para 41 milhões de t neste ano, um aumento de 5,1%.O estoque final projetado para 2017 é de 6,73 milhões de t, ante 4,73 milhões de t em 2016.

Já a produção de farelo de soja deverá alcançar 31,10 milhões de t em 2017, ante 29,60 milhões de t em 2016, um aumento de 5,1%. O consumo interno, de acordo com a Abiove, está projetado em 15,70 milhões de t, uma ampliação de 2,6% na comparação com 2016 (15,30 milhões de t). Segundo previsão da indústria processadora, a exportação de farelo atingirá 15,50 milhões de t em 2017, aumento de 9,2% em relação a 2016 (14,20 milhões de t). O estoque final de farelo neste ano deverá declinar 8,5%, de 1,18 milhão de t para 1,08 milhão de t. 

De acordo com a Abiove, a projeção para o óleo de soja em 2017 é de aumento de 4,5% na produção (de 7,75 milhões de t para 8,10 milhões de t), de 4,6% no consumo interno (de 6,50 milhões de t para 6,80 milhões de t) e de 8% na exportação (de 1,25 milhão de t para 1,35 milhão de t). O estoque final de óleo está projetado em 283 mil t em 2017, ante 308 mil t em 2016, uma queda de 8,1%.



Publicidade