Governador lança programa de aceleração de startups e assina contratos com cooperativas do Estado

Publicado em: 07 fevereiro - 2020

Leia todas


O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) lançou nesta quinta-feira (06), no Show Rural em Cascavel (Oeste), o edital de chamamento público do programa BRDE Labs, voltado ao apoio, capacitação e aporte financeiro de startups. Na solenidade, que teve a presença do governador Carlos Massa Ratinho Junior, também foram assinados contratos de crédito com cooperativas agroindustriais. – Cascavel, 06/02/2019 – Foto: Gilson Abreu/AEN

Na manhã desta quinta-feira (06) o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, cumpriu agenda no estande do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) no Show Rural Coopavel, em Cascavel – Pr.

A solenidade contou com o lançamento do edital de abertura do Programa BRDE Labs, a assinatura de contratos com diversas cooperativas paranaenses totalizando mais de R$80 milhões e a assinatura do termo de compromisso de reativação de um frigorífico na cidade de Umuarama no valor de R$30 milhões.

Para o governador do Paraná, Ratinho Junior, o BRDE vem fomentar novas startups brasileiras ligadas ao agronegócio e a indústria 4,0, trazendo inovação e desenvolvimento para o Estado. “É fundamental oferecer ferramentas para se produzir cada vez mais e o BRDE em parceria com a Hot Milk- a aceleradora de startups da PUC-PR – irá investir neste projeto de capacitação e orientação destas empresas para lança-las no mercado”, destacou.

Segundo o diretor de operações do BRDE, Wilson Bley Lipsky, oferecer apoio às cooperativas paranaenses por meio da assinatura desses contratos é de extrema relevância para o desenvolvimento do setor agrícola. “O Show Rural traduz esse momento de crescimento e fortalecimento das cooperativas por meio de soluções de crédito do banco”, ressalta.

Durante o evento também foi assinado pelo governador do estado e o presidente da C.Vale, Alfredo Lang, o termo de compromisso de reativação de um frigorífico de aves, em Umuarama, a Plusval, que é uma fusão das empresas C.Vale e Pluma. A operação deve iniciar ainda no primeiro semestre deste ano. “Serão gerados mais de dois mil empregos diretos neste frigorífico o que vem contribuir para o aumento da receita do município e da região noroeste” conclui.

BRDE Labs

Dentro do Programa, ocorrerá o processo de aceleração das startups, aproximando-as das instituições de ensino e de potenciais clientes, além de fomentar a inovação no Paraná, sempre com o apoio e mentoria de representantes de cooperativas agroindustriais paranaenses, como Lar, Frimesa, Coopavel, CVale, Copacol, Castrolanda, Cocari, Cocamar e Integrada e empresas como a Angelus.

O diretor da aceleradora Hot Milk da Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR), Fernando Luciano, o processo de desenvolvimento das startups selecionadas consiste em duas fases: a produt lab e a business lab. A Produt lab – laboratório de produto – é o desenvolvimento inicial em relação ao tipo de produto apresentado e o mercado que irá atuar. Nesta etapa, as startups recebem diversas mentorias da Hot Milk e das cooperativas do Estado. Já a segunda etapa é de business lab – laboratório de negócios – onde empresas já mais amadurecidas necessitam de soluções para vendas e de marketing dos seus produtos.

Com o processo de aceleração concluído, as startups consolidadas dentro da aceleradora serão apresentadas para os fundos de investimentos em que o BRDE é cotista. Além disso, ao final dos trabalhos, um dos principais objetivos é que as empresas selecionadas apresentem soluções para os desafios indicados pelas cooperativas do Paraná que participarão do BRDE Labs.

O projeto tem duração de dez meses. As inscrições podem ser efetuadas por meio do site www.brdelabs.com.br até o mês de abril.


Fonte: Portal Jornale



Publicidade