Mercado São Paulo valoriza produção agropecuária


Especial


São Paulo

 

O dia 5 de novembro, tornou realidade o Mercado São Paulo, iniciativa do Governo estadual para reunir produtores, representantes de associações e cooperativas, empresas alimentícias e comercializar seus produtos em diferentes setores alimentícios.

O Mercado São Paulo ocorre aos sábados e domingos, das 11h às 20h, em um espaço de interatividade e degustação de produtos paulistas de qualidade. Confira o cronograma: 12 e 13 de novembro, frutas, hortaliças e café; 19 e 20, banana e mel; 26 e 27, aquicultura e piscicultura; 3 e 4 de dezembro, aves e ovos; 10 e 11, suínos e caprinos. O endereço é Avenida Escola Politécnica, 82, Jaguaré – São Paulo (SP), em frente ao Portão 02 da USP, esquina da Marginal Pinheiros. A entrada é gratuita.

A primeira vitrine apresentou produtos derivados do leite. A Pasta de Agricultura, por meio do Instituto de Zootecnia (IZ), da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro) e do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), apresentou o que há de inovação tecnológica para fomentar a produção agropecuária e garantir a saudabilidade dos alimentos.  Também teve a oficina de aproveitamento total dos alimentos, oferecida por nutricionistas do Centro de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Cesans) da Codeagro.

Os especialistas ensinaram receitas com talos para a produção de patês de ricota e iogurte de morango com o uso completo da fruta.  O IZ montou um estande no recinto para mostrar os trabalhos que permitem a produção de leite com melhor qualidade e propriedades nutracêuticas, além de atender os visitantes.

A ideia do projeto é valorizar a produção agropecuária paulista e criar um novo ponto gastronômico e cultural, para que a população conheça, aprenda e deguste alimentos originados no campo. A ação foi organizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo (SDECTI), em parceria com as pastas estaduais de Agricultura e Abastecimento e do Turismo.

O evento de lançamento ocorreu na Escola Politécnica, na capital paulista, com a participação do secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim. Presentes também o vice-governador e secretário de SDECTI, Márcio França; o prefeito de Campinas, Jonas Donizete; entre outros.



Publicidade