Parcerias permanentes com as cooperativas é intenção do BRDE, garante Pessuti


Especial


“Pretendemos aperfeiçoar nossa relação com o cooperativismo, avançando na discussão de assuntos que interessam ao desenvolvimento do Paraná. Queremos ter parcerias permanentes com as cooperativas”, afirmou o presidente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Orlando Pessuti, em visita que fez à sede do Sistema Ocepar, em 24 de novembro, des dias após sua posse.

“O primeiro esforço de nossa gestão é recompor os limites de financiamentos em patamares compatíveis com a necessidade que temos dentro do banco para atender à demanda de todos os segmentos”, ressaltou, falando de seu desejo de aperfeiçoar a  ligação histórica de proximidade das instituição de financeira com o cooperativismo.


Durante a visita à Ocepar, quando foi recepcionado por José Roberto Ricken, presidente da organização cooperativa, Pessuti apresentou os projetos do BRDE para o ano de 2018.

BRDE – Fundado em 1961, o banco tem 536 funcionários, três agências e 10 espaços de divulgação nas capitais da Região Sul e escritório de representação em Campo Grande (MS) e Rio de Janeiro (RJ). Atualmente, o banco administra R$ 16,8 bilhões em ativos, com um patrimônio líquido de R$ 2,4 bilhões. No Paraná, a média de financiamentos efetivados pelo BRDE, de 2012 a 2016, tem se mantido anualmente acima de R$ 1 bilhão. O banco é o maior repassador de recursos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) na Região Sul e o 6º no Brasil.



Publicidade