Projeto da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) auxilia na gestão e criação de cooperativas

Publicado em: 14 setembro - 2020

Leia todas


Primeira turma totalmente a distância e de fora do Estado teve início em agosto

Um projeto de extensão do curso de graduação de Gestão de Cooperativas, do Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), tem levado a formação na área do cooperativismo para diversos municípios gaúchos. Chamado de +Coop, a capacitação já foi feita com 364 pessoas de 113 cidades. Agora, a primeira turma totalmente a distância e de fora do Estado teve início em agosto e atravessou fronteiras: os alunos são do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi) Cerrado, de Goiás.

Segundo um dos coordenadores do +Coop e professor do curso Jaime Peixoto Stecca, o projeto de extensão trabalha com cooperados e associados para construir uma formação conjunta entre a universidade e as cooperativas. No Rio Grande do Sul, as principais parcerias firmadas são com unidades do Sicredi – em Santa Rosa, Carlos Barbosa, Três de Maio, Santiago, Soledade, Frederico Westphalen e Pelotas -, além do sistema Cresol e da Cooperativa Agrícola Mista Nova Palma (Camnpal). Atualmente, 316 alunos estão matriculados no +Coop.

– O curso funciona a partir da realidade de cada cooperativa. E, daí, se opta apenas pela forma presencial ou presencial e online. A Sicredi Cerrado, por causa da pandemia, optou por começar totalmente online e ter o presencial só depois – explica Stecca.

Objetivo

O curso busca a formação dos cooperativados e a criação de cooperativas. Desta forma, os alunos da universidade que participam das aulas também aprendem nessa troca. São trabalhadas diversas áreas de conhecimento de gestão e de formas de cooperativismo. Além disso, o projeto abriu portas para parcerias que levaram a estágios, colocações no mercado de trabalho, artigos para apresentações e locais de estudos que geram dissertações e teses. 

Ainda segundo Stecca, o curso tem atingido um grande público, muito pelo apoio que a universidade tem dado ao projeto. Além dele, os professores Gabriel Murad e Vitor Reisdorfer também coordenam as ações e são auxiliados por alunos da graduação e bolsistas de extensão. A turma em andamento, com alunos de Goiás, deve seguir de forma online até dezembro. No próximo ano, atividades presenciais serão realizadas na capital Goiânia.


Fonte: Portal Diário de Santa Maria


Notícias Relacionadas



Publicidade