Cooperativas agropecuárias paulistas crescem mais de 10%

Publicado em: 08 Maio - 2018

Leia todas


As cooperativas agropecuárias paulistas fecharam o ano de 2017 com faturamento de R$ 24,8 bilhões, crescimento de mais de 10% em relação ao ano anterior, contrapondo ao resultado do PIB do agronegócio paulista, que sofreu queda de 3,8%. Nos últimos cinco anos, apesar da crise persistente na economia brasileira, as cooperativas que atuam no agronegócio mantiveram uma média de crescimento anual de quase 10%. A expansão territorial das áreas de atuação com abertura de novas unidades é o fator a ser destacado para o resultado, fazendo com que a participação das cooperativas no agronegócio estadual crescesse.

Cooperativas agropecuárias paulistas crescem mais de 10% (Foto: SAA/Flickr)

Cooperativas agropecuárias paulistas crescem mais de 10% (Foto: SAA/Flickr)

“A cooperativa é o melhor caminho para o homem do campo ter acesso à tecnologia, crédito e assistência especializada para competir no mercado. O trabalho das cooperativas é fundamental para garantir a rentabilidade e manter o produtor no setor produtivo com dignidade econômica”, ressalta Edivaldo Del Grande, presidente da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (Ocesp).

No Brasil, existem mais de 6.655 cooperativas, com 13 milhões de cooperados e de 380 mil empregados. As atividades econômicas são distribuídas em 13 ramos de negócio e, o Agropecuário, é o que concentra o maior número de cooperativas e de empregados, e o terceiro em número de associados, atrás de Crédito e Consumo. Isso significa 23% do número de cooperativas (1.555), 8% do número de associados (1.016.606) e 50% do número de empregados (188.777). As cooperativas agropecuárias estão presentes nos 26 estados da Federação e no Distrito Federal, distribuídas em mais de 1,4 mil municípios.

Exportações
O bom desempenho também pode ser verificado nas vendas ao exterior. Em 2017, as cooperativas paulistas exportaram US$ 1,5 bilhão, um aumento de 30% em relação ao ano de 2016. Os principais produtos/grupos exportados pelas cooperativas paulistas foram: complexo sucroalcooleiro, amendoim, sucos concentrados e café. Somando todas as cooperativas brasileiras, o valor total exportado de forma direta chegou a US$ 6,1 bilhões e os principais destinos foram: China, Estados Unidos, Alemanha, Emirados Árabes e Japão, em 2017.

Sobre as cooperativas em SP
As 133 cooperativas agropecuárias paulistas registradas na Ocesp geram 14 mil empregos diretos e possuem 127 mil produtores rurais associados. Presentes com mais de 450 unidades de negócio no Estado, as cooperativas paulistas também possuem unidades em Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Paraná.



Publicidade