COPACOL: Cooperativa divulga crescimento de 6,31% e faturamento de R$ 3,458 bilhões

Publicado em: 09 fevereiro - 2018

Leia todas


Cooperativa divulga crescimento de 6,31% e faturamento de R$ 3,458 bilhões

Cooperativa divulga crescimento de 6,31% e faturamento de R$ 3,458 bilhões (Foto: Divulgação/Copacol)

Mesmo em um ano de muitas instabilidades econômicas no Brasil, a Copacol apresentou um crescimento de 6,31%, que resultou em um faturamento de R$ 3,458 bilhões em 2017. Para acompanhar a prestação de contas cada associado recebeu um Relatório do Conselho de Administração, com todas as informações contábeis e dos negócios da Cooperativa.

Desafios – Segundo o presidente da Cooperativa Valter Pitol, foi um ano desafiador para a Cooperativa, principalmente em relação a comercialização da carne de aves. “Sempre pautados com foco na qualidade dos nossos produtos e processos, passamos mais fortes por estas adversidades e ainda conseguimos aumentar as nossas exportações e realizamos investimentos como a inauguração do Laboratório Industrial, a Fábrica de Premix, a nova Fábrica de Rações para Matrizes, além da reestruturação das fabricas de rações em Cafelândia, o início das obras de ampliação do Abatedouro de Aves da Unitá em Ubiratã e a conclusão das obras de ampliação do Abatedouro em Nova Aurora para 140 mil peixes por dia, produção que garante a Copacol como a indústria com o maior volume de abate de tilápias da América do Sul”, afirma Pitol.

Referência – Para presidente do Sistema Ocepar José Roberto Ricken, a Copacol é uma referência em gestão e organização que permite passar por momentos de instabilidades econômicas, aumentando o faturamento e ainda distribuídos sobras significativas para os seus cooperados. “A sua capacidade de inovação em desenvolver novas atividades como foi a piscicultura em 2008 e toda a sua diversificação de atividades, dão a oportunidade do desenvolvimento do quadro social, colaboradores e consequentemente toda a região”, ressalta Ricken.

R$ 58,5 milhões em sobras – Foram repassados para os cooperados entre Sobras, Complementações Juros e Capital, R$ 58,5 milhões, que tiveram uma parte antecipada no mês de dezembro e o restante, será pago no próximo dia 6 de fevereiro, nas unidades da Cooperativa. Segundo o associado de Cafelândia Aquilino Viel, a administração da Cooperativa está de parabéns por repassar estes valores mesmo em um ano difícil como foi 2017. “Agradecemos a nossa diretoria pelo trabalho exemplar na administração da Copacol, hoje temos orgulho de dizer que fazemos parte de uma Cooperativa de referência para o cooperativismo brasileiro”, conclui Viel.

Posse do Conselho Fiscal – A Assembleia Geral também aprovou e deu posse aos membros do Conselheiro Fiscal, que foram indicados pelos comitês educativos de Cafelândia, Nova Aurora e Formosa do Oeste. Fazem parte do Conselho para a gestão de 2018, os cooperados Sérgio Luiz Squizatto e Célio Baldussi, de Cafelândia, José Cândido Gabriel, de Formosa, Alex Bini Ferreira e Batista Torre, de Jesuítas, e Osni Oenning, de Nova Aurora.

Metas para 2018 – Foram apresentados durante a AGO o Plano Anual de Atividades para 2018, com destaque para a Construção de Armazém Graneleiro em Goioerê, Construção de Novas Unidades de Recebimento e Armazenagem de Cereais, a ampliação do CPA (Centro de Pesquisa Agrícola), ampliação do Depósito Central de Agroquímicos, construção do CD (Centro de Distribuição de Frigorificados), adequação do Abatedouro de Aves, ampliação do Incubatório de Ovos Férteis em Goioerê, ampliação das Estruturas de Geração de Vapor em Cafelândia, ampliação da Estrutura de Tratamento e Reuso de Água, ampliação da UPL ( Unidade de Produção de Leitões) em Central Santa Cruz, geração de Energia Elétrica com Biogás na UPL em Formosa e a ampliação da UPA (Unidade de Produção de Alevinos).

 

MAIS NOTÍCIAS

Santa Catarina tem 83% das propriedades rurais cadastradas no CAR
Cooperativas começam a receber o Programa de Visitas 2018 este mês
Consultoria Jurídica do Sescoop/SP alerta para risco de golpe



Publicidade