Sescoop/PB realiza visitas técnicas no Sertão

Publicado em: 10 Maio - 2018

Leia todas


Uma equipe do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Paraíba (Sescoop/PB) visitou cooperativas de cinco municípios do sertão paraibano. Durante três dias, foram realizadas ações da área de Monitoramento e gravações do programa institucional Painel Cooperativo.  As atividades começaram na manhã de 26 de abril, com uma visita à Cooperativa Agrícola Mista de Santa Luzia;, seguida de visita à Cooperativa de Energia e Desenvolvimento Rural do Vale do Rio do Peixe (Cervarp), que atuou na área de eletrificação rural por mais de 40 anos e hoje busca se reestruturar.  No dia seguinte, aconteceram visitas à aplicação do PAGC nas cooperativas Cooperocha e Sicredi Alto Sertão, nas cidades de Catolé do Rocha e Sousa, respectivamente, em 27 de abril; seguida, no dia 28, de acompanhamento da Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para reativação da Coopervale, em São João do Rio do Peixe.

Sescoop/PB realiza visitas técnicas no Sertão (Foto: Divulgação)

Sescoop/PB realiza visitas técnicas no Sertão (Foto: Divulgação)

O presidente da COAMSAL, Leonísio de Lima Gomes, recebeu o superintendente do Sistema OCB/Sescoop-PB, Pedro Albuquerque, as analistas Érika Leitão e Ana Teixeira, além da equipe do Painel Cooperativo. A analista Érika Leitão, da área de Monitoramento, aplicou o questionário do Programa de Acompanhamento da Gestão das Cooperativas (PAGC) e orientou sobre as adequações que a cooperativa precisa fazer para que sua documentação esteja em conformidade com a legislação.

O trabalho realizado pela equipe tem sido importante para a cooperativa, na opinião da colaboradora Walnísia Nóbrega. “O Sescoop é bem atuante. Nessa cooperativa, a gente só tem a agradecer, pois o Sescoop sempre está presente e orientando o que é necessário. Agora mesmo a cooperativa precisa fazer uma reformulação no estatuto. Desde que essa ideia foi cogitada, o Sescoop tem orientado como deve ser feito e oferece respaldo jurídico, caso a cooperativa precise”, comentou Walnísia.

Segundo a analista Érika Leitão, este trabalho é realizado todo ano a fim de atender ao PAGC. “No PAGC, a gente analisa o estatuto social da cooperativa, verifica se há necessidade de reforma, verifica as atas de assembleias, livros de registros de matrículas dos cooperados e informações contábeis, com o objetivo de deixar cooperativa em conformidade do ponto de vista sócio legal”, explicou.

Para o superintendente Pedro Albuquerque, as visitas técnicas às cooperativas são parte fundamental do trabalho desenvolvido pelo Sescoop/PB. “Com iniciativas como esta, nós buscamos  estar mais próximos das cooperativas, compreendendo a sua realidade e suas demandas. Nós visitamos as cooperativas filiadas com o objetivo de orientar e acompanhar sua gestão, além de levantar suas necessidades de capacitação, de orientação e apoio, e atualizar informações cadastrais”, comentou.

O presidente da cooperativa, Stanley Lira, conversou com os técnicos do Sescoop/PB sobre as atuais atividades da cooperativa e projetos futuros como a ideia de atuar na área de energia renovável.

“Eu acho esse acompanhamento muito importante porque a gente está distante da Capital, onde fica a sede do Sescoop. A gente precisa desse acompanhamento para incentivar o trabalho da cooperativa. A gente conversou sobre os projetos a serem implantados. Nós passamos por uma série de dificuldade, estamos nos recuperando aos poucos e esse trabalho feito hoje incentiva para que a gente possa cada vez mais melhorar e trazer mais associados”, avaliou.



Publicidade