Sicredi cria superintendência de sustentabilidade

Publicado em: 10 outubro - 2018

Leia todas


Olaf Brugman assume a Superintendência de Sustentabilidade do Sicredi. O executivo tem 17 anos de experiência no Rabobank, banco cooperativo holandês referência no tema na Europa

Em agosto o Sicredi criou sua Superintendência de Sustentabilidade e, desde então, está em processo de  implantação das atividades. A iniciativa derivou da Política de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental da instituição e do trabalho fundamental que tem sido realizado pela Fundação Sicredi nos últimos anos. A nova área terá o papel de integrar e potencializar as práticas e iniciativas ligadas ao tema. Quem assume a cadeira é Olaf Brugman, executivo com 17 anos de experiência no Rabobank, banco cooperativo holandês referência no tema na Europa.

“A criação da superintendência reforça a importância e visibilidade para o tema da sustentabilidade que o Sicredi busca, cada vez mais, empregar nas suas atividades estratégicas. Com o crescimento da instituição, em termos de ativos e número de associados, essa infraestrutura é importante para a troca de experiências e identificação de novas práticas desenvolvidas”, explica Brugman que completa: “Um trabalho realizado em uma cooperativa, por exemplo, pode ser replicado em outra integrante do Sicredi, pois no sistema cooperativo algumas unidades funcionam há muitos anos e são bem maduras, outras são mais recentes. É preciso atuar de forma sistêmica para que todas possam ter o mesmo nível de excelência em suas ações, se beneficiando das boas práticas e dos sucessos das outras”.

A Política de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental do Sicredi orienta o trabalho de gestão desde 2015. As estratégias são debatidas em reunião anual do Comitê (nacional) de Sustentabilidade e os temas mais importantes são encaminhados para a deliberação do Conselho de Administração da SicrediPar, holding que congrega todas as entidades integrantes do Sistema Sicredi.

Com a nova superintendência, o Sicredi busca potencializar suas ações na área de sustentabilidade, gerando ainda mais benefícios aos associados e à comunidade em geral.  “Vamos trabalhar para que aspectos da sustentabilidade estejam integrados em todas as áreas e não como programa separado. Por exemplo na concessão de crédito, nos novos produtos e em outras soluções que, ao final, tenham o objetivo de beneficiar a vida e o empreendimento do associado”, analisa o executivo.

 

Fonte: Sicredi



Publicidade