Coopera finanças está de volta

Publicado em: 22 maio - 2020

Leia todas


Após o sucesso da 1ª edição, realizada em 2019, que contou com mais de mil participantes, o Coopera Finanças está de volta para oferecer, de forma gratuita e totalmente online, os principais conceitos de Cidadania Financeira, tais como orientações sobre sair do endividamento e dicas para ser um bom investidor. O tema ganha ainda mais relevância por conta do atual cenário de crise econômica causada pela pandemia do coronavírus.

Promovida pelo Sistema OCB/RJ, a ação, mais uma vez, ocorre em parceria com as centrais Unimed Federação Rio, Sicoob Central Rio, Unicred Central RJ/MT e a cooperativa Sicredi Rio.A capacitação será conduzida por Myrian Lund, doutoranda em Business Administration (Esc-Rennes), mestre em Gestão Empresarial pela FGV e que tem uma carreira de destaque em cargos executivos do mercado financeiro, sendo considerada uma das mais influentes educadoras de finanças do Brasil.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site. A capacitação – disponível até janeiro de 2021 – tem carga horária de 20h e está dividida em seis módulos: Armadilhas do Consumo, Crédito Consciente, Princípios de Investimento, Previdência e Seguro, Planejamento Financeiro e Cooperativismo. Ao final, será realizada uma avaliação para obtenção do certificado.

Por ser online, os interessados podem realizar o curso no seu ritmo e de acordo com a sua disponibilidade, utilizando dispositivos, como computadores, notebooks, tablets e smartphones. O curso também oferece materiais de apoio para download.

Segundo o presidente do Sistema OCB/Sescoop-RJ, Vinicius Mesquita, o momento é ainda mais propício para se estudar o planejamento financeiro.

“A pandemia causada pelo coronavírus exige de todos nós ainda mais controle sobre as finanças. E o Coopera Finanças traz, de forma didática e muito objetiva, conceitos importantes a respeito deste tema a fim de preparar os participantes a terem uma boa gestão de suas economias, especialmente neste período de crise`, explica o presidente.


Fonte: Bruno Oliveira – OCB/RJ



Publicidade