Facisc quer aproximar empresariado catarinense do cooperativismo

Publicado em: 08 fevereiro - 2019

Leia todas


Zimmermann, Zulauf e Panho: conversas para uma parceria duradoura

Em reunião na tarde de segunda-feira, dia 4 de fevereiro, o presidente da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), Jonny Zulauf, sinalizou o interesse em aproximar o empreendedor catarinense do cooperativismo firmando parcerias com a Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc).

Recebidos na sede da Organização pelo diretor-superintendente, Neivo Luiz Panho, o presidente e o diretor-executivo da Federação, Gilson Zimmermann, propuseram a realização de palestras, com o objetivo de apresentar e ressaltar a importância do cooperativismo no Estado.

“Algumas cooperativas registradas na Ocesc já estão associadas à Facisc por meio de suas associações empresariais. O interesse em estreitar ainda mais esses laços é mútuo. Desejamos que essa seja uma duradoura parceria”, afirmou Panho.

Para Zulauf, as entidades têm objetivos comuns que somarão para levar benefícios ao empresariado. “A Ocesc faz a representação dos princípios e das ações das cooperativas, que são extremamente salutares e benéficas à organização da sociedade. Queremos casar esse interesse, levando a Ocesc a estar conosco em eventos, onde formadores de opinião vão repassar os princípios que são defendidos aqui e que são também as nossas bandeiras”, disse Zulauf.

A Facisc reúne mais de 35 mil empresas em Santa Catarina, por meio de 147 Associações Empresariais. Representa empresas em diversos ramos de atividades econômica como a indústria, o comércio, o agronegócio e a prestação de serviços.

A Ocesc reúne 528 cooperativas que no final de 2017 (dados de 2018 ainda não foram concluídos) possuíam 2,2 milhões de associados, 61.346 empregados, R$ 33,2 bilhões em receitas, R$ 12,2 bilhões em patrimônio líquido e distribuíram R$ 1,66 bilhão em sobras aos cooperados.


Fonte: Ocesc – Assessoria de Comunicação Interna



Publicidade