Governo leva quatorze startups brasileiras para semana de imersão na França


TECNOCOOP


De 3 a 8 de dezembro, 14 empresas brasileiras participam de uma semana de imersão em Paris, na França. A viagem é uma iniciativa do StartOut Brasil, novo programa de internacionalização de startups do governo federal, com previsão de investimento anual de R$ 3 milhões, realizado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, Apex-Brasil, Sebrae e Anprotec.

Durante a missão, os empreendedores têm acesso à consultoria especializada em internacionalização, mentoria com especialistas no mercado de destino e treinamento de pitch. Além disso, cumprem agenda de trabalho montada para promover a prospecção de clientes e investidores e a conexão a ambientes de inovação, com visita a aceleradoras e incubadoras.

Também são realizados seminários de oportunidades, visita a incubadoras e aceleradoras e reuniões com prestadores de serviço. Ao final da missão, é realizado um Demoday, evento em que as startups têm a oportunidade de apresentar seus serviços e soluções a investidores locais.

Quando retornam ao Brasil, as empresas terão apoio para definir sua estratégia de internacionalização e realizar a efetiva instalação no mercado-alvo (softlanding).

A missão à França conta com o apoio da Business France, que entre 6 e 10 de novembro realizou a segunda edição do French Tech Tour Brazil 2017. O evento conectou startups francesas a parceiros estratégicos para a realização de negócios no Brasil.

No ano que vem, serão realizadas missões do StartOut Brasil em Berlim, Miami e Lisboa.

Programação

No dia 3, domingo, os empreendedores participaram de um treinamento de pitch com Vinícius Machado, da Startadora, instituição que oferece treinamentos e capacitações a empresas e governos com métodos e ferramentas do universo das startups. Serão compartilhadas diferentes técnicas e estratégias de apresentação de projetos a potenciais investidores. No dia seguinte, houve seminário de internacionalização na Embaixada do Brasil. Especialistas do mercado francês irão apresentar aos empreendedores brasileiros um panorama sobre empreendedorismo, financiamento e pesquisa de mercado no ecossistema da França.

Já em 5 de dezembro, os empreendedores visitaram incubadoras e aceleradoras francesas, tais como Paris&Co, Le Hub – Bpi France e Station F. Também houve encontro com a equipe da Blablacar, plataforma de transporte que conecta motoristas e passageiros e promove o compartilhamento de carros em viagens de longa distância. O dia 6 foi reservado às reuniões individuais de negócio, ficando para 7 de dezembro, o demoday e uma visita ao Le Village by CA, iniciativa financiada pelo banco francês Crédit Agricole para fomentar inovações desenvolvidas por startups.

No último dia da missão, acontece conversa sobre a integração entre startups e corporações com o professor Felipe Monteiro, do Instituto Europeu de Administração de Empresas (INSEAD), com espaço livre na agenda para realizar mais reuniões de negócio com investidores e parceiros franceses.

Startups selecionadas

As empresas foram avaliadas por uma comissão julgadora formada pelas instituições organizadoras da missão e especialistas do mercado. Os principais critérios usados na avaliação foram o grau de inovação, o mapeamento do mercado francês, a maturidade para internacionalização e a equipe.

Confira a lista das startups selecionadas:

  • Portal Telemedicina (saúde);
  • Molegolar (infraestrutura);
  • Sellead (educação);
  • N2N Virtual (TIC);
  • Asel Tech (óleo e gás);
  • Aya Tech (saúde);
  • Simbio (TIC);
  • Checkmob (TIC);
  • Synappse Assist (saúde);
  • Birmind (química);
  • Biosolvit (óleo e gás);
  • Ergon Projetos (energia);
  • Noeh (saúde);
  • Filho sem fila (educação);

Para mais informações, acesse o site do StartOut Brasil.



Publicidade