Modelo de APS da cooperativa é selecionado para projeto-piloto da ANS

Publicado em: 20 outubro - 2020

Leia todas


A Unimed Cascavel está entre as 19 operadoras do Brasil selecionadas para um projeto-piloto de Atenção Primária em Saúde (APS). É mais um incentivo que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) dá para todo o país, estimulando a adoção de um modelo de atendimento em que a APS seja a porta de entrada para um cuidado voltado à promoção da saúde e à prevenção de doenças. A lista das operadoras escolhidas, que faziam parte de um grupo total de 47 inscritas, foi divulgada no dia 14 de outubro.

O Projeto Cuidado Integral à Saúde é uma parceria da ANS com o Institute for HealthCare Improvement (IHI), a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade – SBMFC e o Hospital Alemão Oswaldo Cruz – HAOC. A Iniciativa faz parte do Programa de Certificação de Boas Práticas em Atenção à Saúde (PCBP) e é uma fase preparatória para a solicitação da certificação em APS. Serão 36 meses com o objetivo de acompanhar e consolidar as experiências de operadoras que estejam implementando ou que já tenham implementado um modelo de APS.

“A Unimed Cascavel já tem desde 2013 um modelo de APS, que a gente chama de Atenção Personalizada à Saúde. Já em 2015, a cooperativa lançou o plano Unimed Personal, intensificando esse modelo com a inauguração do Centro de Atenção à Saúde (CAS). Agora, em 2020, a singular está expandindo o modelo para toda a carteira de beneficiários, não só para os do plano Personal. Isso significa que qualquer cliente da cooperativa que queira ter um atendimento diferenciado, com um médico de família, poderá acessar o CAS de Cascavel ou de Cafelândia”, explica Luciana Cavalli, coordenadora de Atenção Personalizada à Saúde da Unimed Cascavel. Em todos esses anos, a cooperativa tem reforçado os pilares da APS no atendimento aos pacientes:

1 • Acesso

Diz respeito à disponibilidade. Esse pilar assegura o paciente o contato com o médico de referência e com a equipe multiprofissional em visitas periódicas e em qualquer necessidade, mesmo em horários não comerciais.

2 • Coordenação do cuidado

Organiza e gerencia os cuidados em saúde, mesmo quando tais atendimentos forem realizados em outros níveis de atenção.

3 • Continuidade do cuidado

Refere-se a manter o vínculo com o indivíduo ao longo do tempo, de maneira que novas demandas, quando surgirem, possam ser resolvidas de maneira mais eficiente e efetiva.

4 • Integralidade

Este pilar garante atendimento integral às necessidades de saúde do indivíduo, considerando todos os aspectos biológicos, psicológicos e sociais.

“Termos sido selecionados pela agência que regulamenta nosso setor, por meio de um criterioso processo de adesão das operadoras ao programa de certificação em APS, representa mais um importante passo da atenção primária da Unimed Cascavel rumo à ampliação da população assistida pelo nosso Centro de Atenção à Saúde. Estar entre as 19 Operadoras do país nos faz reafirmar um compromisso com a qualidade, em que seremos medidos, acompanhados e monitorados pela ANS, com a obrigatoriedade de cumprir as metas dos indicadores e requisitos previamente estabelecidos. Isso é um audacioso desafio, acrescenta Cristiane Ezequiel, gerente de Promoção à Saúde da Unimed Cascavel.

Para Danilo Galletto, diretor-presidente da cooperativa, a inclusão da operadora neste seleto grupo é encarada com uma reafirmação do compromisso com a qualidade dos serviços oferecidos pela singular: “A nossa seleção é resultado de todo o trabalho que a Unimed Cascavel vem desenvolvendo para construir esse modelo tão elogiado no Brasil e no mundo. Isso representará um crescimento com sustentabilidade, além da melhoria do cuidado oferecido aos nossos beneficiários, uma vez que esse é o grande foco da Unimed Cascavel”, finaliza Galletto.


Imprensa Unimed Cascavel


Notícias Relacionadas



Publicidade