Programa Cooperjovem-PR reúne 600 pessoas em evento do Dia do Professor

Publicado em: 22 outubro - 2020

Leia todas


Tendo como tema “A educação que nos espera após a pandemia”, a comemoração do Dia do Professor (15) reuniu mais de 600 pessoas no Encontro Estadual de Educadores do Programa Cooperjovem, em iniciativa – transmitida pela TV Paraná Cooperativo – conjunta do Sistema Ocepar (Organização das Cooperativas do Estado do Paraná) com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Seescoop/PR).

Ao evento, aberto pelo presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, compareceram o superintendente do Sescoop/PR, Leonardo Boesche, a analista e coordenadora do Cooperjovem-PR, Fabiane Ratzke. O tema deste ano teve como palestrante o escritor e jornalista Marcos Piangers.

Pela passagem da data, Ricken destacou a importância dos educadores pela passagem da data, além de contar um pouco de sua vida e da vocação cooperativista. “Foi numa pequena escola em Manoel Ribas (PR), que meu professor percebeu meu potencial e me incentivou a prosseguir nos estudos. O mesmo fez outro professor, do Colégio Agrícola, quando pude aprender noções iniciais do cooperativismo”, relembra, ao acrescentar já ter entrado na faculdade “com a intenção de trabalhar em cooperativas”.

O presidente da Ocepar ressaltou, ainda, o papel transformador do professor e as ações empreendidas pelo Cooperjovem junto às novas gerações. “Competir todos aprendem naturalmente, mas, para cooperar, é preciso se conectar e fazer junto com as pessoas. A cooperação constrói e é a base da democracia”, afirmou. Ele completa, afirmando que “ninguém realiza uma grande obra sozinho, pois essa construção é coletiva”.

Já o superintendente do Sescoop/PR, Leonardo Boesche, comentou que o programa desenvolvido pelo Cooperjovem busca sinergia entre educadores, escolas, agentes e dirigentes de cooperativas, além de secretários e profissionais municipais de Educação. Segundo ele, “o Cooperjovem possui uma característica fundamental, que é atuar junto à juventude, período delicado quando ocorre a formação do cidadão”.

Boesche comenta que “o nosso grande desafio é contribuir para o pacto global, em seu quarto objetivo de desenvolvimento sustentável (ODS), que estabelece o fomento à uma educação de qualidade, inclusiva e com oportunidades para todos”, arremata.    

Fabianne, por sua vez, admitiu que a questão educacional tem suscitado ‘incertezas e ansiedades’, tanto a professores como pais e estudantes. Ela revela que “muitos profissionais da Educação têm-se dedicado ao máximo, a ponto de se transformarem em inovadores tecnológicos e mestres de vídeoaulas”.

Criada com o objetivo de disseminar a cultura da cooperação no ambiente escolas, o Cooperjovem é realizado no Paraná pelo Sescoop/PR, numa parceria com 23 cooperativas que envolve mais de 34 mil alunos, 2.200 professores e 348 escolas de ensino fundamental em 66 municípios paranaenses.

A Cooperjovem mantém hoje parcerias com as cooperativas: Agrária, Castrolanda, Cocamar, Cocari, Copagril, Cooperativa Educacional da Lapa, Coopagrícola, Coopermundi, Copacol, C.Vale, Frísia, Lar, Sicoob Central Unicoob e suas dez singulares.


Por Redação MundoCoop


Notícias Relacionadas



Publicidade