COOPERATIVISMO EM DESTAQUE

Ver todas as notícias

Revista Digital

Artigos

EBOOK



DESTAQUES DA REVISTA

NOTÍCIAS DO SISTEMA

PUBLICIDADE

Olhar MundoCoop

Uma cooperativa de indígenas do Brasil está entre a série de iniciativas reconhecidas este ano no 12º Prêmio Equador. O anúncio foi feito pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud. A Cooperativa Mista de Agricultores Familiares, Extrativistas, Pescadores, Vazanteiros, Assentados e Guias Turísticos do Cerrado foi um dos 10 selecionados entre mais de 600 indicações de 126 países. Um comitê independente de especialistas concedeu a distinção a intervenções comunitárias que promovem iniciativas que ajudam a travar a crise de biodiversidade. A CoopCerrado sobressaiu por usar “o marketing criativo de dezenas de produtos orgânicos de origem sustentável da região”, que é uma das mais ricas do mundo em biodiversidade. Mais de 4,6 mil famílias do Cerrado são beneficiadas pela melhora da subsistência local, proteção da biodiversidade e apoio à criação de reservas de uso sustentável no que se considera “um exemplo para a economia verde”. Os vencedores do Prêmio Equador receberão US$ 10 mil e participarão em eventos especiais associados à Assembleia Geral da ONU. Um deles é o Nature for Life Hub, sobre soluções naturais. O outro é a Cúpula da ONU sobre Sistemas Alimentares. O reconhecimento é dado a comunidades locais e indígenas de todo o mundo por soluções locais, inovadoras e baseadas na natureza para combater a perda de biodiversidade e as mudanças climáticas. Outra meta e alcançar seus objetivos de desenvolvimento local, mesmo durante uma pandemia.

PUBLICIDADE


Publicidade