Agro pode se tornar o maior responsável por emissão de títulos verdes

Publicado em: 27 dezembro - 2021

Leia todas


Previsão se deve a novos critérios estabelecidos pela Climate Bonds Iniciative, que passa a incluir a pecuária 

Atualmente, o Brasil é o maior responsável pela emissão de títulos verdes na América Latina com 42% de participação das emissões dos últimos cinco anos, totalizando 10,3 bilhões de dólares. Esses números devem aumentar nos próximos anos, por conta dos novos critérios ambientais estabelecidos pela Climate Bonds Iniciative (CBI), principal órgão de certificação de finanças sustentáveis do mundo.

Os novos critérios de classificação de títulos verdes na agricultura incluem agora padrões ambientais para a pecuária. A nova categoria analisa, por exemplo, sistemas de criação de animais (incluindo pastagens), bem-estar animal e origem da ração.

Com esse novo critério, o agronegócio deve se tornar o principal responsável pela emissão de títulos verdes do Brasil. Atualmente, o setor de energia renovável fica com 50% dos recursos angariados por meio do financiamento sustentável. O agronegócio vem em 2º lugar, com 27% dos recursos.

Nos próximos anos, o agronegócio deve liderar a emissão de títulos verdes não só no Brasil. É o que projeta Sergio Rocha, fundador e CEO da Agrotools. “O agronegócio brasileiro tem muito potencial para se tornar o líder na emissão de títulos verdes não só na América Latina, mas em todo o mundo. O agro é responsável por mais 25% do PIB brasileiro e temos 60% de território coberto por vegetação nativa. É nesse contexto que entra a Agrotools, fornecendo tecnologia 100% brasileira, com vasta experiência no agronegócio. Contribuímos na inteligência de compra, venda, financiamento e seguro do território rural. Monitorando de forma segura, rápida e eficiente o compliance socioambiental de todas as operações de seus clientes”, explica o executivo.


Fonte: Assessoria Agrotools


Notícias Relacionadas



Publicidade