Agroexportações têm potencial para criar novas oportunidades para o Brasil

Publicado em: 09 setembro - 2021

Leia todas


As exportações do agro podem gerar muitas outras oportunidades para o Brasil. É o que afirma o diretor técnico da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), Marcos Fava Neves. Segundo ele, há segmentos do setor que devem ser trabalhados para garantir maior receita e desenvolvimento ao País.

“Esse ano o agro deverá vender US$ 110 bilhões, mas este número pode ser multiplicado, trazendo para o Brasil desenvolvimento e gerando oportunidades para as pessoas. É preciso ‘bombar’ as agroexportações.”

Nesse contexto, o diretor da SNA acredita em um investimento maior por parte das agroindústrias, do setor de bioenergia, dos prestadores de serviço do agro, entre outros.

“Os produtores rurais, em geral, têm feito grandes esforços de exportação, ainda com possibilidade de crescimento. As agroindústrias têm um trabalho interessante, gerando produtos com um nível de processamento cada vez maior. Os setor de bioenergia, que inclui o biodiesel, o bioetanol e a bioeletricidade, também oferecem boas oportunidades para exportação”, destaca o especialista.

Diferenciação

Nas empresas de alimentos, ressalta Fava, “há um grande trabalho a ser feito”, principalmente para criar diferenciação com a exportação de embalagens, design e materiais como vidro e papel. “Algumas dessas empresas já conseguem colocar produtos prontos nas gôndolas mundiais”, afirma o diretor da SNA.

Nesse sentido, a comercialização, segundo ele, poderá crescer “por meio das grandes redes varejistas, que estão importando produtos para suas lojas de outros lugares do mundo, e também pelo aumento das vendas por marketplaces, onde os consumidores podem adquirir produtos brasileiros a partir de outros marketplaces, e futuramente de forma direta, desde que se obedeça os parâmetros da legislação e do ambiente institucional.”

Fava também menciona a necessidade do aumento das vendas de vacinas, bioinsumos, além de produtos veterinários e químicos.

Serviços

No setor de prestação de serviços, o diretor da SNA destaca a exportação de franquias e de restaurantes, assim como as vendas de aplicativos, softwares, consultoria e outros projetos, com a possibilidade de geração de royalties. Já os equipamentos industriais complementam a lista de vendas.

“Tem muita gente trabalhando bem. Esses exemplos precisam ser divulgados e copiados. Nesse sentido, a Apex Brasil faz um ótimo trabalho de promoção de nossas exportações”, conclui Fava.


Fonte: Doutor Agro


Notícias Relacionadas:



Publicidade