Brasil discute proposta que levará à Cúpula dos Sistemas Alimentares

Publicado em: 07 julho - 2021

Leia todas


O país tem mantido estreita coordenação com os países da região para levar o protagonismo das Américas às reuniões da Pré-Cúpula, que será realizada em Roma no final de julho, e da Cúpula, em setembro em Nova York

O governo brasileiro realiza, nesta quinta-feira (8), a quarta videoconferência do Diálogo Nacional brasileiro. O evento é preparatório para a Cúpula dos Sistemas Alimentares, que será realizada em setembro, durante a semana de Alto Nível da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York.

Com o título de “Sistemas Alimentares Sustentáveis: Propostas do Brasil”, a reunião será uma oportunidade para que os participantes apresentem propostas e soluções transformadoras para aprimorar a sustentabilidade do sistema alimentar brasileiro, considerado seus pilares social, econômico e ambiental.

A participação é aberta aos interessados e o resultado dos debates será transmitido aos organizadores da Cúpula como parte da posição brasileira. As inscrições podem ser feitas na página eletrônica do Ministério das Relações Exteriores

De acordo com Flávio Bettarello, secretário adjunto de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Brasil tem mantido estreita coordenação com os países da região sobre a Cúpula dos Sistemas Alimentares para levar o protagonismo das Américas às reuniões da Pré-Cúpula, que será realizada em Roma no final de julho, e da Cúpula, em setembro em Nova York.

“É fundamental que as especificidades da região, que é a maior exportadora de alimentos do mundo e também a maior responsável pela preservação ambiental, sejam consideradas pelo secretariado das Nações Unidas. O Brasil tem papel de destaque nesse contexto, sobretudo por nossa liderança em agricultura tropical”, diz Betarello.

Segundo ele, estão sendo realizadas conversas com os ministérios de agricultura da região. “Emitimos uma declaração do Conselho Agropecuário do Sul (CAS), que também foi adotada pela América Central e Caribe e, agora, levaremos também uma mensagem unificada de todo o continente, sob o guarda-chuva do IICA, Instituto Interamericano para Cooperação para a Agricultura”, explica.

Representantes dos 31 países que participaram no final de junho da sessão do Comitê Executivo do IICA, conduzida pelo Ministro da Agricultura e Pecuária do Paraguai, Moisés Santiago Bertoni, referendaram o documento “Principais mensagens na caminhada para a Cúpula da ONU sobre Sistemas Alimentares na perspectiva da agricultura das Américas”, endossando o trabalho coordenado pelo organismo do Sistema Interamericano especializado em desenvolvimento agropecuário e rural.

O documento elaborado com 16 mensagens, será apresentado no encontro prévio de Roma, e endossa a importância da produção de alimentos para os sistemas alimentares mundiais.

Os trabalhos da Cúpula estão organizados em torno de cinco linhas de ação: Garantia do Acesso a Alimentação Saudável, Segura, Sustentável para Todos; Padrões de Consumo Saudáveis e Sustentáveis; Produção em Escala de Alimentos Positivos para a Natureza; Promover o Sustento e a Distribuição de Valor Equitativa; Construção de Resiliência contra Vulnerabilidades, Choques e Tensões.

Mais informações sobre a Cúpula estão disponíveis na página eletrônica do Mapa sobre o evento


Fonte: Imprensa MAPA


Notícias Relacionadas



Publicidade