Concurso premia produtos de agroindústrias familiares na 44ª Expointer

Publicado em: 12 setembro - 2021

Leia todas


O secretário da Agricultura Familiar e Cooperativismo do Mapa, César Halum, participou da entrega da premiação, no Rio Grande do Sul

A cerimônia de premiação do tradicional Concurso de Produtos da Agroindústria Familiar, realizado no Pavilhão da Agricultura Familiar da Expointer, ocorreu nesta quinta-feira (9) com a presença de autoridades e representantes de entidades do setor agrícola. A iniciativa visa estimular a constante melhoria da qualidade dos produtos da agroindústria familiar, como meio eficaz na manutenção e abertura de mercados consumidores.

O concurso, que está na 9ª edição, recebeu 82 inscrições em nove categorias:  Mel (8), Salame (11), Queijo (8), Vinho de Mesa (13), Vinho Fino (8), Suco de Uva (14), Cachaça Extra Premium (6), Cachaça Premium (7) e Cachaça Prata (7). 

No evento, o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, César Halum, destacou a importância da iniciativa para os pequenos produtores. “Temos uma agricultura familiar que produz bem e com qualidade. O que precisamos, neste momento, é trabalhar na melhoria do acesso aos mercados para os produtos da agricultura familiar. E esse concurso é importante, pois estimula o expositor com uma premiação pela qualidade do seu produto, dando mais visibilidade perante o mercado”.

A secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul, Silvana Covatti, ressaltou a resiliência dos produtores que não pararam de produzir alimentos para os brasileiros durante a pandemia. “Vocês foram muito tauras, como dizem os homens e as mulheres gaúchas, mantendo a população com alimento na mesa em um momento de pandemia. Muito obrigada agricultura familiar. Esse prêmio é o nosso reconhecimento ao seu trabalho”.

O presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Sul (Emater-RS), Edmilson Pelizari, agradeceu a todos que trabalharam para a retomada da feira presencial. “O Pavilhão da Agricultura Familiar tem muita visibilidade na Expointer. E tenho notado a alegria dos expositores em voltarem a conviver uns com os outros”.

Nas avaliações às cegas, os produtos foram analisados de acordo com parâmetros e normas predefinidas pela comissão técnica do concurso. Integraram a banca julgadora professores, pesquisadores, chefes de cozinha, estudiosos e jornalistas. Em cada segmento, os produtos que receberam melhor pontuação foram classificados como 1º, 2º e 3º lugar.

O prêmio de 1º lugar na categoria Mel foi entregue ao produtor Rodrigo Teixeira, da Casa do Mel TX, do município de Caçapava do Sul (RS). “Desde que a gente participa da feira, que já faz 26 anos, procuramos a cada dia fazer um mel de melhor qualidade para trazer para os nossos clientes. E esse prêmio representa muito para nós, pois ele é importante para nos manter ativos, para nos incentivar a cada dia mais fazer o melhor para trazer para a feira, para ter qualidade e reconhecimento”.

Na categoria Salame, a primeira colocação ficou com a agroindústria Embutidos Fioresi, do Assentamento Santa Rosa, no município de Tupanciretã (RS). A premiação foi entregue ao casal Edgar e Andressa Fioresi, que produzem dois tipos de salame (colonial e italiano).

“Faz seis anos que temos a agroindústria legalizada, mas, antes, já produzíamos para consumo próprio e amigos. Essa é a segunda vez que tiramos o primeiro lugar no concurso e o diferencial é produzir com carinho aquilo que a gente gosta de fazer. Sabemos que temos um bom produto, mas quando outras pessoas comprovam isso é muito satisfatório”, diz Edgar Fioresi.

O concurso é realizado pela Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Sul (Emater-RS) e com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), da Associação dos Produtores de Cana-de-Açúcar e Seus Derivados no Estado do Rio Grande do Sul (Aprodecana), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Uva e Vinho), da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag-RS) e do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul).

Vencedores do Concurso de Produtos da Agroindústria Familiar:

Vinho Tinto Fino Seco

1º – Casa Zottis, de Bento Gonçalves

2º – Adega Mascarello, de Flores da Cunha

3º – Vinhos e Sucos Adams, de Nova Petrópolis

Vinho Tinto De Mesa Seco

1º – Vinícola de Bastiani, de Nova Roma do Sul

2º – Vinícola Vista Gaúcha, de Vista Gaúcha

3º – Agroindústria Orgânicos Mariani, de Bento Gonçalves

Suco De Uva Integral/Natural

1º – Vinhos de Cezaro, de Esteio

2º – Agroindústria Orgânicos Mariani, de Bento Gonçalves

3º – Vinícola de Bastiani, de Nova Roma do Sul

Queijo Colonial

1º – Ferrari Alimentos, de Carlos Barbosa

2º – Laticínio Ruppenthal, de Gramado

3º – Laticínios Pipo, de Nova Roma do Sul

Salame

1º – Embutidos Fioresi, de Caçapava do Sul

2º – Embutidos Araldi, de Sarandi

3º – Ferrari Alimentos, de Carlos Barbosa

Cachaça Prata

1º – Harmonie Schnaps, de Harmonia

2º – Cachaçaria 3 Fortuna, de Muçum

3º – DS Destilados, de Pinto Bandeira

Cachaça Envelhecida Premium

1º – Velho Alambique, de Santa Tereza

2º – Weber Haus, de Ivoti

3º – Cachaçaria 3 Fortuna, de Muçum

Cachaça Envelhecida Extra Premium

1º – Weber Haus, de Ivoti

2º – Harmonie Schnaps, de Harmonia

3º – DS Destilados, de Pinto Bandeira

Mel

1º – Casa do Mel TX, de Caçapava do Sul

2º – Agroindústria Mel Machado, de Viadutos

3º – Apicultura Rempel, de Campinas do Sul


Fonte: MAPA


Notícias Relacionadas:



Publicidade