Cooperativa agro apresenta resultados recordes durante primeira AGO digital em 70 anos

Publicado em: 13 fevereiro - 2021

Leia todas


Esta quinta-feira, 11, foi marcada pela realização da Assembleia Geral Ordinária (AGO) da Castrolanda. No ano em que a Cooperativa completa seu 70° aniversário, o período começou com fatos históricos, afinal, em sete décadas de história esta é a primeira vez que o encontro acontece de forma on-line. 

A reunião que todos os anos consegue preencher o Memorial da Imigração Holandesa, desta vez, deu lugar a câmeras e equipamentos para a transmissão digital. Por conta dos cuidados com a propagação da Covid-19, diretores, cooperados e convidados especiais acompanharam o evento pelas telas de seus celulares e computadores. 

“É de fato uma inovação em nossa história, demos o ponta pé inicial em junho do ano passado, com a primeira Pré-Assembleia de Balanço. Conseguimos absorver os erros, acertos e agora passa a ser também uma mudança de conceito. É um desafio e um aprendizado para todos”, afirma o Diretor Presidente da Castrolanda, Willem Berend Bouwman. 

“A AGO Digital é também uma necessidade. Nossa Cooperativa está crescendo, esta é uma forma também para dar a oportunidade de todos os cooperados participarem. É um modo de trabalho que precisamos adaptar cada vez mais a nossa rotina, temos de proporcionar os canais presenciais e on-line”, completa o Diretor Executivo, Seung Lee. 

Resultados recordes 

A Castrolanda completou o último ano com faturamento total de R$ 4,5 bilhões, resultado 26% superior ao ano de 2019, e R$ 185 milhões de sobras totais. Os números recordes mostram a força do trabalho realizado e a solidez da Cooperativa, que conta com sedes no Paraná e São Paulo.  No encontro foram apresentados os resultados obtidos no exercício de 2020 e todas as pautas foram aprovadas pelos cooperados participantes. 

“Podemos atribuir este crescimento a vários fatores, em primeiro lugar aos nossos cooperados que cumpriram o papel no campo com excelência. Internamente, diminuímos nossas despesas e descontinuamos negócios que não estavam mais tão favoráveis para nós”, explica o Presidente. 

Apesar das dificuldades impostas pela pandemia e do impacto negativo em diversos setores da economia, alguns pontos permaneceram favoráveis para o agronegócio, como a alta do dólar, preço das commodities e o aumento das exportações. Além disso, o Seung atribui os resultados a história sólida que a Cooperativa tem construído ao longo dos anos. 

“Os motivos que nos levaram a um ótimo desfecho em 2020 vêm de ações já implantadas em gestões anteriores também, nossa tarefa foi dar seguimento a esse trabalho. No momento, é muito difícil prever qualquer número para este ano, entretanto todos podem esperar a melhoria contínua dos nossos processos controles para evitar surpresas e dessa forma termos bases para o crescimento”, relata o Diretor.


Fonte: Castrolanda


Notícias Relacionadas:



Publicidade