Cooperativa cria departamento para expandir mercado internacional de café

Publicado em: 31 agosto - 2020

Leia todas


Apesar de o consumo ter recuado durante a pandemia, a Copama, do sul de Minas Gerais, acredita em crescimento nos próximos anos

Apesar da queda de 70% no consumo de cafés especiais durante a pandemia do novo coronavírus, tem quem aposte e muito nesse mercado, que, segundo especialistas, tem tudo para deslanchar nos próximos anos.

De olho nisso, a Cooperativa Agrária de Machado (Copama), no sul de Minas, criou um departamento de cafés especiais e já mandou provas para Suíça, Coreia e Inglaterra. “Já estamos começando os trâmites para exportação direta”, afirma o presidente João Emydio Gonçalves. “Iniciamos as atividades do departamento há duas semanas. Nesse período enviamos essas amostras e estamos aguardando [o feedback dos países], e novas amostras ainda serão enviadas”, complementa. Além disso, a cooperativa já conseguiu fechar negócios com duas cafeterias no exterior.

Entre as vantagens de investir nessa produção, Gonçalves garante que a cooperativa ajuda e orienta o produtor para conseguir o café de melhor qualidade. “Nós temos muitos cafés de qualidade na região que não estão sendo reconhecidos como tal”, diz.


Fonte: Canal Rural com adaptação da MundoCoop


Notícias Relacionadas



Publicidade