Cooperativa de pequenos cacauicultores baianos exportam para Suíça

Publicado em: 21 outubro - 2021

Leia todas


Massa do cacau baiana é matéria-prima para chocolates finos; ação tem apoio do Senar

Pequenos produtores de cacau da Bahia exportaram exportaram a massa de cacau para a Suíça, onde a matéria-prima será aproveitada na produção de chocolates finos. A venda ocorreu por meio da Coopercabruca, associação que começou com 12 membros e atualmente reúne 36 cooperados. A internacionalização teve o apoio do Sistema Faeb/Senar, da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb).

“Uma exportação pequena, mas cheia de simbolismo por se tratar de uma venda de um produto semiacabado para um país reconhecido internacionalmente como produtor de chocolates de primeira. Isso atesta a qualidade do nosso produto”, avalia Orlantildes Pereira, produtor do fruto e um dos idealizadores da Coopercabruca. O nome da cooperativa é inspirado no sistema cabruca, a lavoura sob floresta, sobretudo a Mata Atlântica.

Segundo o cooperado, o aprendizado técnico ofertado pelo Senar “nos despertou para algo que precisávamos, e a parceria com o Senar permanece até hoje. Na área de assistência técnica, por exemplo, temos o apoio imprescindível para o aumento da nossa produtividade e da qualidade das nossas amêndoas”.

O presidente do Sistema Faeb/Senar, Humberto Miranda, destacou a importância do associativismo para inserir o pequeno produtor na rota comercial. “A partir do momento em que se une, via cooperativa, ele se fortalece porque passa a ter volume para negociar preços de insumos, reduzindo o valor da produção e, consequentemente, agregando valor ao seu produto”.


Fonte: Bahia.ba


Notícias Relacionadas:



Publicidade