Cooperativa expande a área de suínos e abre oportunidades a novos integrados

Publicado em: 08 abril - 2021

Leia todas


Atenta ao cenário mundial de carnes e às oportunidades que ele oferece, a Coopavel investe há cinco anos em um meticuloso projeto de ampliação da área de suínos. Com os investimentos em curso, que alcançarão a cifra de R$ 220 milhões, a cooperativa amplia estruturas, aumenta a produção de suínos e eleva o volume de abate no frigorífico.

A ampliação na estrutura da UPL (Unidade de Produção de Leitões) chega a cem mil metros quadrados e, com isso, a Coopavel passa ainda neste ano a abrigar 12,6 mil matrizes que garantirão produção superior a 400 mil animais por ano. Em 2023, a cooperativa contará com 20 mil matrizes alojadas, com capacidade para produzir mais de 660 mil animais/ano.

Com operação em dois turnos, o frigorífico eleva o abate diário de 1,8 mil para 3 mil cabeças por dia. “A suinocultura experimenta um momento especial e a tendência é de crescimento, por isso estamos investindo no setor”, diz o presidente Dilvo Grolli.

A Coopavel atua na área de integração e abate de suínos desde a década de 1980. Atualmente, mantém parceria com 110 integrados estabelecidos em um raio de 80 quilômetros. Para fazer frente a esse novo momento da suinocultura na cooperativa, ela amplia e abre oportunidades a novos produtores rurais interessados em investir na atividade. “Queremos incorporar pelo menos mais 100 propriedades, já que precisamos abrir espaço para pelo menos 100 mil leitões por ano”, diz o médico veterinário Gustavo Bernart, da área de Fomento à Suinocultura da Coopavel.

Gustavo informa que inúmeros investimentos e melhorias têm sido feitos nos últimos anos para levar a Coopavel à condição de excelência na produção de suínos. “Quando o projeto de expansão estiver concluído, a UPL contará com 20 mil matrizes alojadas que então terão capacidade para produzir mais de 660 mil animais por ano”. A cooperativa observa também cuidados com normas sanitárias, ambientais, sustentabilidade e otimização de resultados. “Queremos atender o mercado com excelência e abrir novas oportunidades aos nossos associados”, afirma o gerente da UPL Marcos Jovani Sipp.

A Coopavel entra na parceria com assistência técnica (construção – são dois sistemas: convencional com comedouro funil e outro mais moderno com tratador robotizado -, financiamento e orientações técnicas), fornecimento de leitões, rações, medicamentos e insumos, e transporte. O criador consegue tirar até três lotes por ano e o retorno vem da conversão alimentar e do controle de mortalidade.

Ao participar do projeto suinícola da Coopavel, o cooperado encontra melhor potencial genético, sistemas integrados de criação, execução de um processo de excelência, animais saudáveis de alta qualidade, suporte técnico completo e assistência veterinária durante todo o ciclo, ressalta Gustavo Bernart. Para saber mais sobre o projeto de expansão da suinocultura e de como participar basta entrar em contato pelos telefones (45) 3218-5098 3218-5060.


Fonte: Imprensa Coopavel


Notícias Relacionadas:



Publicidade