Cooperativas agro firmam aliança estratégica de intercooperação

Publicado em: 27 agosto - 2021

Leia todas


Potencializar o desempenho de ambas as organizações, mantendo a atuação conjunta em negócios, tecnologias e conhecimento. É com este foco que a Cotrijal, com sede em Não-MeToque, e a Coagrisol, de Soledade, firmaram aliança estratégica de intercooperação, que foi oficializada em evento realizado na quarta-feira, 25/8, em Passo Fundo.

Esta parceria vai possibilitar melhores negociações na aquisição de insumos agrícolas e pecuários, otimizar a logística por meio do compartilhamento mútuo da capacidade operacional, assim como agregar valor às suas produções agropecuárias, com aperfeiçoamento dos processos administrativos e operacionais. Também compartilhamento de informações, estudos, sistemas e demais ferramentas, a fim de formalizar negócios em conjunto.

O quadro social de ambas as cooperativas será mantido inalterado. Da mesma forma, esta parceria de negócios garante a manutenção da identidade da Coagrisol e Cotrijal. Cada uma segue com seu planejamento, mas, a partir de agora, vão compartilhar negócios, processos e aprendizados.

José Luiz Leite dos Santos, presidente da Coagrisol, assinala que a estruturação de parcerias e alianças está desenhada no planejamento estratégico da cooperativa, elaborado em 2019. “Estamos muito felizes em formalizar esta aliança que irá garantir impulsionarmos as duas cooperativas, beneficiando tanto os cooperados da Coagrisol como da Cotrijal”, garante.

A aliança estratégica de intercooperação terá início em 26 de agosto. “Passamos a caminhar juntas em uma série de movimentos, sempre com foco em alavancar o cooperativismo e o agronegócio. Tenham certeza que muitos frutos vão surgir desta promissora parceria”, finaliza o presidente da Coagrisol.

Nei César Manica, presidente da Cotrijal, esclarece que diferentes modelos de parcerias foram estudados e, em comum acordo, se consolidou o modelo de Aliança Estratégica. “São duas cooperativas consolidadas e com um grande potencial. Por isso, estudamos, debatemos com nossos Conselhos e chegamos a esta estruturação”, observa.

Ele acrescenta ainda que este movimento será um case de muito sucesso. “O cooperativismo será fortalecido e, acima de tudo, vamos poder atender melhor os nossos cooperados, clientes e comunidades onde estamos inseridos, qualificando cada vez mais a entrega de nossos negócios”, conclui.


Fonte: Sistema Ocergs Sescoop/RS


Notícias Relacionadas:



Publicidade