Datagro: área de soja na safra 2021/22 deve aumentar pela 15ª vez consecutiva

Publicado em: 02 agosto - 2021

Leia todas


A safra brasileira de soja na safra 2021/22, que começa a ser plantada a partir de setembro, deve registrar um aumento de área pelo 15º ano consecutivo, passando de 39.05 milhões de hectares na safra 2020/21 para 40.57 milhões de hectares. O crescimento é de de 4%, estimou a consultoria Datagro.

A princípio, a produção potencial de soja em 2021/22 é de 144.06 milhões de toneladas. Caso se confirme, esse volume médio seria 5% superior às 136.96 milhões de toneladas da safra recorde colhida neste ano.

A Datagro ressaltou que, segundo o levantamento feito com os sojicultores, o aumento de área deve ocorrer em todo o Brasil, mas de forma mais intensa nos estados da região Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

A soja deve avançar sobre áreas de cana-de-açúcar na região central, sobre áreas de pastagens em todo o País e áreas de abertura de Cerrado, notadamente na região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

O coordenador de Grãos da Datagro, Flávio Roberto de França Júnior, indicou em comunicado que “é importante ressaltar que qualquer reação mais brusca das cotações nos próximos 60 dias pode trazer alteração nessa proporção de aumento, uma vez que há uma predisposição natural dos produtores em direção à soja, exatamente o que aconteceu em 2013, 2014, 2015, 2017 e na safra 2020”.

Milho

O levantamento da Datagro mostrou, ainda, que a área de milho na safra de verão 2021/22, ou primeira safra, deve expandir, depois do leve aumento já ocorrido neste ano. A área total da primeira safra deverá totalizar 4.56 milhões de hectares na nova temporada, 4% superior aos 4.40 milhões de hectares plantados na safra atual.

Segundo a consultoria, considerando a hipótese de normalidade climática e com a utilização de elevado padrão tecnológico, a primeira safra de milho tem potencial de produção de 28.83 milhões de toneladas, 16% superior às 24.91 milhões de toneladas da prejudicada safra 2020/21.

Já para a safra de inverno 2022, ou safrinha, embora com números muito preliminares, a tendência inicial também indica um grande aumento da área, indicou a Datagro.

No total do País, a estimativa em termos de área é de 16.37 milhões de hectares, 5% superior aos 15.59 milhões de hectares deste ano. Também considerando o clima regular, a estimativa de produção da segunda safra é de 90.84 milhões de toneladas, 45% acima das 62.74 milhões de toneladas da fortemente quebrada safra atual.

No total das duas safras, o Brasil tem previsão de área para 2021/22 de 20.94 milhões de hectares, 5% acima dos 19.99 milhões de hectares recordes deste ano. A produção potencial total é de 119.68 milhões de toneladas, 37% superior às 87.65 milhões de toneladas da revisada safra atual.


Fonte: Broadcast Agro


Notícias Relacionadas:



Publicidade