Irrigação eficiente é solução para produtores rurais

Publicado em: 19 julho - 2021

Leia todas


A falta de chuva já causa impactos em culturas como café, laranja e feijão

A crise hídrica tem afetado fortemente a produção agrícola em todo o Brasil, causando perdas em várias áreas da agricultura. Medidas adotadas por órgãos competentes e sociedade civil podem ajudar a garantir o fornecimento de água nos momentos de estiagem, como já vivemos em tempos passados, evitando, assim, que a seca cause prejuízos nas plantações.

A falta de chuva já causa impactos em culturas como café, laranja e feijão. Além de problemas nas lavouras, o produtor também enfrenta aumento de custos, como na energia, e diminuição da colheita. 

Uma das formas de enfrentar a crise hídrica na agricultura é o aumento das áreas irrigadas por gotejamento, garantindo o fornecimento de água e nutrientes necessários às plantas com redução significante de uso do recurso hídrico, conforme o engenheiro agrônomo da Hydra Irrigações, Elídio Torezani.

Produtividade e economia

A irrigação por gotejamento propicia uma produtividade de 2 a 3 vezes maior do que áreas não irrigadas. Outras vantagens são: melhoria da qualidade dos produtos, redução de custos unitários, atenuação dos impactos da variabilidade climática, otimização de insumos e equipamentos, aumento na oferta e na regularidade de alimentos, assim como a modernização dos sistemas de produção.

No método da irrigação localizada, a água é, em geral, aplicada diretamente no sistema radicular das plantas, o único órgão responsável pela absorção. Os emissores podem ser os gotejadores ou os microaspersores.

“A redução no consumo de água é significativa em comparação aos sistemas convencionais, como os de aspersão, e pode ultrapassar os 30% de economia. Além disso, a produtividade da fazenda tende a aumentar, uma vez que as plantas recebem a água e os nutrientes na hora e na quantidade certas”, pondera Elídio Torezani.


Fonte: Agrolink


Notícias Relacionadas:



Publicidade