Lar Cooperativa Agroindustrial inaugura complexo industrial em Caarapó (MS)

Publicado em: 02 dezembro - 2020

Leia todas


Com investimentos no montante de R$ 219 milhões e apoio do governo do Mato Grosso do Sul, a Lar Cooperativa Agroindustrial inaugurou oficialmente, no último sábado (28) um moderno complexo industrial, na cidade de Caarapó, com capacidade para processar 1,5 mil toneladas de soja por dia, 300 toneladas de biodiesel a cada 24 horas, além da produção de farelo e energia. 

Graças às condições oferecidas pela política estadual de apoio à industrialização, o empreendimento foi retomado – após uma interrupção de 11 anos –  no ano passado pela cooperativa e deverá criar 300 empregos diretos na região.

Para o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar do MS (Semagro), Jaime Verruck, a iniciativa da Lar resulta da ‘eficiência estratégica’ do governo do Estado, ao criar um ambiente propício de suporte aos investidores em Mato Grosso do Sul, sem esquecer o papel importante desempenhado pelo cooperativismo na realização desses investimentos, sobretudo nos últimos anos”, afirmou. Levantamento da Semagro aponta que 60% dos investimentos privados no Estado, nos últimos seis anos, têm ligação com o setor cooperativo.

O governador Reinaldo Azambuja, por sua vez, comemorou a iniciativa da cooperativa agroindustrial, de recuperar uma unidade industrial ‘sucateada’, mediante aplicação de uma política estadual de incentivos fiscais à industrialização. “A Lar decidiu investir, aqui e agora, na transformação de matéria-prima em produtos industrializados e com valor agregado, como soja em óleo refinado e bruto, convertido em farelo, casquinha peletizada e em biodiesel, além de permitir a criação de empregos e oportunidades de negócios”, avaliou

Na oportunidade, o presidente da OCB/MS, Celso Ramos Regis, ressaltou a importância da cooperativa Lar para a economia regional, pois a instituição possui mais de 11 mil cooperados, respondendo por mais de 10 mil empregos. “Além disso o Procoop (Programa Estadual de Desenvolvimento e Fortalecimento do Cooperativismo em MS) também tem sido fundamental para o crescimento das cooperativas”, acrescentou o dirigente.

O presidente da OCB Celso Regis vai além, afirmando que “o programa implantado pelo governo estadual tem trazido o desenvolvimento sustentável para as cooperativas, além de proporcionar prosperidade aos seus cooperados e colaboradores”, afirmou o presidente da OCB, Celso Regis.

Já em operação há dois meses, a unidade de Caarapó integra um conjunto de 32 complexos industriais, distribuídos em 17 municípios do estado. De acordo com o presidente da Lar, Irineu da Costa Rodrigues, para quem a cooperativa é a que mais recebe soja e milho em Mato Grosso do Sul, com destaque para a unidade de Caarapó, a segunda em processamento de soja. Isso se contar as atividades de refino, biodiesel e coogeração de energia”, concluiu.     


Por Marcello Sigwalt – Redação MundoCoop


Notícias relacionadas



Publicidade