Plataforma digital melhora desempenho de cooperativas e reduz custo de insumos para produtores

Publicado em: 19 março - 2021

Leia todas


Com a pandemia do novo Coronavírus, o processo de digitalização do agro evoluiu de forma acelerada, impulsionado pelo surgimento de soluções inovadoras para melhorar a interatividade e os negócios entre empresas, produtores, fornecedores e outros integrantes das cadeias produtivas. Os avanços podem ser notados em vários setores do agro, até mesmo no cooperativismo.

Uma nova plataforma, que será lançada em 12 de abril, propõe a aproximação entre cooperativas e seus cooperados no mundo virtual, promovendo parcerias, mudanças na forma de relacionamento e a redução do custo dos insumos agropecuários para os cooperados participantes, ampliando sua disponibilidade por meio de um ecossistema digital.

A tecnologia foi apresentada durante videoconferência realizada nesta semana pela Sociedade Nacional de Agricultura (SNA). Para o presidente da instituição e coordenador do encontro, Antonio Alvarenga, “a pandemia deixou claro que, hoje em dia, as empresas que não estão no mundo digital, perdem mercado e começam a ter prejuízos”.

“A Supercampo surgiu a partir da demanda do próprio sistema de cooperativas e da nova geração de cooperados e produtores rurais, que desejavam uma nova forma de relacionamento com suas associações”, disse Bruno Lucchesi, diretor comercial da CWS, grupo que elaborou a plataforma em parceria com as 12 cooperativas que integram o sistema.

A CWS é especializada em desenvolver ecossistemas para digitalizar o relacionamento nas cadeias de distribuição em diversos setores.

Dinâmica

“Num primeiro momento, as cooperativas convidam seus cooperados a entrar na plataforma. A Supercampo é responsável por selecionar fornecedores confiáveis e que atendam às demandas destas cooperativas e cooperados”, explicou Lucchesi.

“Por sua vez, os cooperados recebem treinamento para operar a plataforma e fazer seus pedidos, indicando os pontos de revenda mais próximos onde desejam comprar, para priorizar sua prospecção. Por fim, os vendedores são capacitados a realizar o atendimento aos produtores, também prestando orientações de como utilizar o aplicativo”.

Segundo Lucchesi, o sistema “potencializa o atendimento, que se torna mais eficiente, melhora a logística e favorece condições de financiamento para o produtor com alto valor agregado”.

Participação

A Supercampo é uma empresa de Sociedade Anônima (S.A) onde cada participante conta com uma plataforma exclusiva para digitalizar as vendas para seus produtores.

Juntas, as 12 cooperativas associadas ao sistema (Frísia, Lar, Agraria, Castrolanda, Alfa, Coopertradição, Capal, Copercampos, Integrada, Cotrijal, Coplacana e Copacol) têm faturamento anual de R$ 48 bilhões (cálculo com base em 2020).

A plataforma atende mais de 80 mil produtores rurais. Novas cooperativas já demostraram interesse em ingressar na Supercampo.

Além disso, um estudo está sendo realizado para mapear o comportamento de compra dos produtores. O objetivo é identificar as principais demandas dos cooperados para potencializar as compras na plataforma.

Fortalecimento

Segundo o COO da Supercampo, Ronald Eikelenboom, a opção por estabelecer uma empresa de Sociedade Anônima atende as questões de governança e compliance, favorecendo a entrada de mais cooperativas. “É uma estrutura de S.A, com o DNA do cooperativismo”, disse ele. “Buscamos fortalecer o ambiente digital, fidelizar os cooperados e garantir uma blindagem contra as ameaças do agronegócio”.

“Nossa visão é ser a maior comunidade digital do agronegócio até 2025”, destacou Eikelenboom.

Presente ao encontro, o presidente do Sistema OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), Márcio Lopes de Freitas, elogiou o projeto e falou sobre a importância do movimento cooperativista, destacando o trabalho realizado por algumas cooperativas no setor de inovação.

Na ocasião, Freitas defendeu a ampliação da plataforma digital a partir de um número maior de parcerias, “para que outras cooperativas possam participar com mais intensidade do projeto”, levando em consideração sua potencialidade de abrangência nacional.

Mais informações sobre a plataforma: www.supercampo.com


Fonte: SNA


Notícias relacionadas



Publicidade