Máquinas de construção elevam a produção no campo

Publicado em: 03 novembro - 2015

Leia todas


trator_areia

Motoniveladoras, pás carregadeiras, escavadeiras e retroescavadeiras são responsáveis pelas operações de drenagem das áreas, construção de curvas-de-nível e abertura de valas e valetas.

Além disso, tanto a retroescavadeira como as minicarregadeiras e as pás carregadeiras são bastante utilizadas na manutenção das fazendas e manuseio de insumos, da colheita e do bagaço da cana.

Com o equipamento de construção adequado, é muito mais fácil padronizar o tamanho dos talhões, a largura dos carreadores, padronizar as áreas de carregamento e os modelos de curva-de-nível a serem adotados, informa o gerente de Marketing para a América Latina, Carlos França.

Nos ramos ligados a grãos, como soja e arroz, pecuária, fertilizantes, vinícolas e outros, as máquinas de construção são indispensáveis para a manutenção das unidades produtivas, abertura de estradas para escoamento da produção e também nos sistemas produtivos.

Na CASE, as vendas para o agronegócio vêm crescendo a cada ano e já representam cerca de 10% do volume total. França esclarece que a utilização das máquinas de construção no agronegócio acontece pela aquisição direta ou aluguel das máquinas.

“Boa parte do segmento agrícola opta por locar máquinas para suportar suas atividades seja na manutenção e preparação do solo ou mesmo para suprir a produção, carregar insumos e prestar serviços gerais”, comenta, lembrando que a CASE foi a primeira a desenvolver uma pá carregadeira versão canavieira, com sistema de hélice reversível e de arrefecimento chamado Cooling Box, para que a máquina trabalhe com o bagaço da cana por mais tempo, com maior segurança, menos paradas e aumento da produtividade