Dia do Agrônomo: Soja e arroz impulsionam crescimento do agronegócio no Brasil – Mayara Amaral é Gerente de Marketing da Branco Motores

Publicado em: 12 outubro - 2021

Leia todas


No dia 12 de outubro é comemorado o Dia Nacional do Agrônomo. Muito importante para o sucesso de um plantio, o engenheiro agrônomo atua em uma área que permite múltiplas funções – desde a preparação de solo para cultivo até as atividades ligadas ao meio ambiente e ao agronegócio, com grande importância no PIB brasileiro.

O agronegócio no Brasil tem representado muito para o país nos últimos anos. Em 2021, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Produto Interno Bruto (PIB) da agropecuária no segundo trimestre, em relação ao mesmo período no ano passado, cresceu 1,3%. Esse acréscimo foi puxado principalmente pelo desempenho de produtos como a soja (9,8%) e arroz (4,1%).

Tendo em vista esses números de mercado, é inquestionável que onde existe um engenheiro agrônomo qualificado e atuante, os resultados da produtividade do campo são ainda melhores. Isso tudo graças ao manejo adequado do solo, o uso correto de defensivos agrícolas, o desenvolvimento de novas tecnologias por meio de pesquisas e a orientação aos produtores sobre o melhor uso das propriedades da terra.

Além disso, com uma agricultura 4.0 predominando (um segmento mais generalizado para abranger as diversas etapas de trabalho, incluindo a gestão, a pré e a pós-produção, como aplicativos para compra e controle de instrumentos e insumos necessários para o trabalho), este profissional vem se especializando cada vez mais. Seja no uso de tecnologias vinculadas à engenharia genética, à automação agrícola e à agricultura de precisão. Com a sua expertise, o agrônomo colabora ainda como gestor eficiente no manejo dos processos produtivos e na condução do uso das modernas técnicas de produção.

Para que todo esse processo ocorra, a escolha dos equipamentos que apoiarão na produtividade das lavouras é imprescindível. Tratores, roçadeiras, pulverizadores e motocultivadores, geradores e motobombas, além da utilização dos EPIS Equipamentos de Proteção Individual), colaboraram para que o Brasil se desenvolva e eleve sua competitividade no cenário global.


*Mayara Amaral é Gerente de Marketing da Branco Motores



Publicidade