Projetos sociais fazem parte dos propósitos de uma cooperativa de crédito – Evandro Piedade do Amaral é presidente da Cocre

Publicado em: 09 fevereiro - 2022

Leia todas


Ao analisar a origem etimológica da palavra “cooperativismo”, que decorre da palavra “cooperar”, entendemos que o seu significado tem tudo a ver com o propósito das cooperativas de crédito, que é um assunto que venho tratando desde o início deste blog, por saber que é um tema que necessita de mais visibilidade.

A palavra “cooperar” vem do Latim “cooperari”, que significa trabalhar junto. Ou seja, contribuir com o trabalho, buscando algum objetivo em comum. Levando o conceito para o mundo do cooperativismo de crédito, fica muito claro o papel das cooperativas para a promoção de uma sociedade financeiramente mais justa, e socialmente unida com os mesmos propósitos.

Diante disso, o ponto principal da discussão é exatamente esse: os projetos sociais se referem à cooperação com a sociedade, no intuito de colaborar com o desenvolvimento de toda a comunidade.

Se pegarmos a Cocre como exemplo, notamos que desde a sua concepção, há mais de 50 anos, a instituição sempre esteve atenta às necessidades de trabalhar projetos sociais dos mais diversos, com todos os públicos. Hoje a cooperativa conta com mais de 16 projetos, como oficinas, palestras, apresentações e outras atividades que visam promover a justiça financeira.

Para refletirmos ainda mais em toda essa questão, importante irmos por partes e compreender, em primeiro lugar, que os projetos sociais são trabalhos que empresas, pessoas, grupos ou organizações desenvolvem sem nenhum fim lucrativo, mas com o propósito de buscar o desenvolvimento de algum segmento, seja ele social, econômico, ou mesmo cultural, de uma determinada comunidade.

No coração do cooperativismo, o desenvolvimento desses segmentos também é algo a ser alcançado, unindo as questões econômicas ao bem-estar social através da participação cooperativa. E aí voltamos ao início desta reflexão, no qual colocamos a etimologia da palavra cooperar.

Gostaria então de propor a você, leitor deste blog, que refletisse sobre os impactos sociais que as suas decisões e as decisões das empresas nas quais você confia, têm sobre a comunidade.

E lembre-se sempre: cooperativismo é muito mais do que um modelo de instituição financeira, mas sim, uma filosofia de vida que tem o objetivo de cooperar com a sociedade através da junção de valores e propósitos!  


*Evandro Piedade do Amaral é presidente da Cocre



Publicidade