Com mobilização de voluntários e conteúdos exclusivos, ações voltadas à comunidade são intensificadas na Semana Enef

Publicado em: 09 novembro - 2021

Leia todas


Oficinas gratuitas de planejamento do orçamento, dicas de educação financeira para o público infantil, adolescentes e adultos e constante treinamento dos colaboradores voluntários que atuam nos projetos sobre o tema. Essas são algumas das iniciativas que o Sicredi tem desenvolvido, ao longo dos anos, com o objetivo de cooperar para uma vida financeira mais sustentável dos associados e da sociedade. Com esse propósito, a instituição financeira cooperativa participa de mais uma edição da Semana Nacional de Educação Financeira (Semana Enef), entre os dias 8 e 14 de novembro, com reforço nos projetos voltados à comunidade.

Realizadas pelas cooperativas filiadas, as oficinas de educação financeira contam com apoio de mais de 1,5 mil colaboradores voluntários, somente nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. Em 2021, estão previstas, nos três estados, mais de 1,4 mil ações que integram o programa nacional “Cooperação na Ponta do Lápis” e que visam transmitir conteúdos sobre planejamento do orçamento, controle de gastos e crédito consciente para públicos de diferentes idades.

“Como instituição financeira cooperativa estamos conectados com as comunidades onde atuamos para a geração de desenvolvimento e renda. Por isso é tão importante nos mantermos firmes no propósito de transmitir o conhecimento com ações de educação financeira voltada para todas as idades. E para a realização dessas iniciativas temos como parceiros fundamentais os colaboradores das cooperativas que, voluntariamente, ajudam a transmitir conteúdos relevantes para uma sociedade mais próspera”, afirma o presidente da Central Sicredi PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock.

No mês de novembro o Sicredi também lança, nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, três edições de revistas em quadrinhos da Turma da Mônica Jovem com conceitos de educação financeira. Desenvolvidos especialmente para o Sicredi pela Mauricio de Sousa Produções, os gibis são baseados no conteúdo do Caderno de Educação Financeira e Gestão de Finanças Pessoais do Banco Central do Brasil e tem como objetivo levar aos adolescentes e jovens histórias sobre organização do orçamento de forma mais descontraída e conectada com o dia a dia.

Mauricio de Sousa ressalta a importância de tratar temas importantes com uma linguagem voltada para as novas gerações. “Em minha juventude, se tivesse essas informações, me ajudaria muito no início de minha vida profissional. Nestas revistas são passadas dicas importantes por meio dos personagens, que já fazem parte do universo jovem, na linguagem leve e eficaz dos quadrinhos”, aponta.

No estado do Paraná, o Sicredi firmou um acordo com a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed-PR), para a distribuição gratuita de 1,3 milhão de gibis da Turma da Mônica Jovem. Essa distribuição será realizada para todos os estudantes do ensino médio da rede pública estadual de ensino, por meio das agências do Sicredi. Segundo o Secretário de Educação, Renato Feder, os exemplares contribuirão para que os estudantes aprimorem, por meio da leitura, ainda mais seus conhecimentos e conceitos sobre educação financeira. O trabalho com este componente curricular no estado do Paraná, tem como objetivo ajudar os jovens e adolescentes a se relacionarem de forma saudável com os recursos financeiros, melhorando suas expectativas presentes e futuras.

O projeto com os gibis especiais da Turma da Mônica teve início em 2018, com o lançamento das três primeiras edições voltadas ao público infantil. Ao todo, seis edições para as crianças já foram disponibilizadas nas agências do Sicredi e durante as oficinas, além dos desenhos animados que podem ser assistidos no canal oficial do Sicredi no YouTube.

“Inspirados pela Semana Enef e com o apoio das nossas cooperativas, estamos sempre buscando maneiras de reforçar nossas ações de educação financeira, ampliando a abrangência das iniciativas e impactando positivamente as comunidades onde estamos inseridos. Nossas ações de educação financeira integram o que acreditamos ser um ciclo virtuoso do cooperativismo de crédito com benefícios diretos para nossos associados e o fomento ao desenvolvimento regional”, finaliza Dasenbrock.


Fonte: Imprensa Sicredi


Notícias Relacionadas:



Publicidade