Criptomoeda cooperativa se destaca nas bolsas de tokens digitais

Publicado em: 27 agosto - 2021

Leia todas


A coffee coin foi lançada no inicio de julho pela associação das cooperativas de café, a Minasul. Basicamente, cada unidade da criptomoeda equivale a um quilo de café verde. Para garantir o valor, a cooperativa já reservou mil sacas de 60 Kg, ou seja, já são 60 mil ativos disponíveis no mercado.

O criptoativo é ajustado de acordo com as variações do mercado cafeeiro e também sofre influências por conta da procura por parte de investidores. Dessa maneira, se o valor do café cair na bolsa de Nova Iorque, por exemplo, o coffee coin também pode sofrer variações.

Para a Minasul, a moeda atingiu o propósito no mercado de café e ainda criou um novo termo: o cafeicultor virtual.

Agora, a expectativa é que o coffe coin mude a forma de negociação do café no Brasil, com vantagens: a nova criptomoeda não usa mineradores e a única emissora do ativo é a cooperativa, que já vê novas funções para a criptomoeda.

Até o momento, a criptomoeda já superou a marca de 1 milhão de reais em movimentações financeiras no mercado, desde o lançamento.


Fonte: Criptonizando


Notícias Relacionadas:



Publicidade