Plenária da CECO destaca performance positiva do cooperativismo de crédito durante a pandemia

Publicado em: 13 maio - 2021

Leia todas


Ocorreu hoje (13) a reunião plenária do Conselho Consultivo Nacional do Ramo Crédito (Ceco). Promovida pelo Sistema OCB, o evento online contou com a presença de Marco Aurélio Almada, coordenador do Conselho Consultivo do Ramo Crédito; Paulo Sousa, diretor de fiscalização do Banco Central; Evair de Melo, diretor da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop); Domingos Sávio, Vice-Diretor da Frencoop e Arnaldo Jardim, representante do ramo crédito na Frencoop.

Desempenho em meio à pandemia

O evento se iniciou com o reconhecimento dos ótimos resultados do setor de crédito durante o ano de 2020 que, mesmo com as adversidades da crise sanitária causada pela Covid-19, conseguiu alcançar um crescimento acima do esperado. Em seguida, Arnaldo Jardim ressaltou o importante papel da governança dentro do cooperativismo, que conseguiu bons resultados através da intercooperação e assim, viu o setor de crédito cooperativista ultrapassar os resultados das instituições tradicionais. Aurélio concluiu sua primeira fala lembrando do papel que o cooperativismo de crédito tem desempenhado para com a sociedade, ajudando não apenas com doações, mas também no acesso a serviços essenciais.

Após isso, o deputado Evair de Melo falou sobre a responsabilidade do cooperativismo de crédito, ressaltando em como as taxas de juros e as novas ferramentas ajudaram a criar um ambiente que favoreceu o sistema de crédito. Sua participação foi seguida da explanação de Domingos Sávio. Segundo o Vice-Diretor da Frencoop, o cooperativismo de crédito se tornou um elemento essencial para a democratização do crédito, levando esse serviço para milhões de pessoas que não conseguem adentrar o sistema bancário tradicional.

“Hoje vemos o resultado do cooperativismo de crédito, com a atuação do setor junto aos órgãos públicos e prefeituras”, contou Sávio. Segundo ele, com a parceria entre o setor e os serviços públicos, mais pessoas tem obtido sucesso em obter serviços de crédito, além de outras facilidades oferecidas pelo setor.

Paulo Sousa, diretor de fiscalização do Banco Central, usou sua fala para destacar alguns dos impactos do setor de crédito no mercado nacional e internacional. Entre os destaques, está a geração de renda, o aumento das exportações, o oferecimento de uma uma educação financeira e ainda, inserção dos desbancarizados no sistema de crédito. Sousa ainda levantou alguns números do setor, ressaltando um crescimento de 51% das operações com pessoas jurídicas, além do número recorde de usuários de novas ferramentas como o PIX, que já atinge mais de 80 milhões de brasileiros.

Intercooperação para o crescimento

Já na parte final do evento, Márcio Freitas, diretor do Sistema OCB, destacou a visão que a sociedade tem do cooperativismo hoje. “A sociedade reconhece o cooperativismo como uma alternativa”, disse Freitas. Para ele, hoje o brasileiro já reconhece a existência de novos serviços, vendo o setor como uma opção mais democrática. Freitas ainda ressalta que o sucesso do setor se dá pela percepção de que precisamos buscar uma economia mais compartilhada, com mais participação ativa dos consumidores, além de um sistema que priorize mais o “ser” do que o “ter”.

“A intercooperação torna o sistema mais forte e estável, capaz de atender a demanda global que possuímos”, afirma Freitas. Como destacado em várias falas, a chave para que os resultados continuem a acontecer é buscar na intercooperação a força que o setor precisa para aumentar a sua presença, chegando aos 22% de participação esperados pelo Banco Central.

Medidas de apoio ao setor

Por fim, Marco Aurélio Almada, coordenador do Conselho Consultivo do Ramo Crédito, apresentou algumas das medidas tomadas junto aos órgãos públicos, e que ajudaram a alterar a dinâmica operacional das instituições financeiras. Entre elas, propostas ao Poder Executivo para a mitigação de riscos, a campanha Cooperativas de Crédito organizada pela Ceco, a inserção do cooperativismo no conselho de deliberação sobre a implementação do Open Banking, o registro da Cresol no Sistema OCB e na Ceco, e outras medidas como a redução da alíquota do IOF sobre as operações de crédito e o aumento dos limites operacionais.

A reunião plenária do Conselho Consultivo Nacional do Ramo Crédito (Ceco) pode ser conferida na íntegra no canal do Sistema OCB no YouTube.


Por Redação MundoCoop


Notícias Relacionadas:



Publicidade