Unicred do Brasil divulga resultados e confirma previsões de crescimento

Publicado em: 25 agosto - 2016

Leia todas


juros-em-alta

“Daremos continuidade aos investimentos em tecnologia, principalmente em mobile bank e internet bank, assim como nas carteiras de crédito com vistas a conter a inadimplência e manter nossa média abaixo dos níveis registrados pelos demais membros do Sistema Financeiro Nacional”.

Essa declaração de Luciano Fantin, CEO da Unicred do Brasil, na coletiva em que comunicou dos resultados do sistema no primeiro semestre do ano, período em que registrou inadimplência de 2,27% contra média de 3,5% do SFN.

Frisou, também, que o sistema Unicred continuará focando na busca de associados na Saúde, independentemente de a singular ser ou não de livre admissão, pois “lá está nosso DNA e há potencial muito grande de crescimento”, informou Fantin ao falar sobre as ações planejadas para os próximos meses.

O balanço do primeiro semestre mostra crescimento no resultado consolidado das cooperativas vinculada à Unicred do Brasil. Os depósitos totais, por exemplo, cresceram 22,3% em relação ao mesmo período de 2015; o saldo médio dos depósitos ficou em R$ 7,9 bilhões; os ativos totais cresceram 21,3% ante o ano anterior, aproximando-se dos R$ 10 bilhões.

“Mesmo com a instabilidade da economia brasileira, os números mostram que o sistema cooperativo de crédito tem superado os obstáculos e se mantido em crescimento”, afirma Fantin, ao estimar que até o final do ano, as sobras deverão crescer 7,2% em comparação aos 2,6% em 2015, atingindo a casa dos R$ 240 milhões.

Atualmente a Unicred é formada por 4 centrais, 35 cooperativas, 228 unidades de negócios e está presente em nove Estados, reunindo mais de 175 mil cooperados.



Publicidade