Como as demandas do futuro impactam as cooperativas brasileiras? Confira no 5º episódio do Top Coopers Agro

Publicado em: 28 setembro - 2020

Leia todas


Na última quinta-feira, 24 de setembro, aconteceu mais um encontro imperdível entre os maiores líderes do cooperativismo brasileiro para protagonizar o sucesso de audiência e conteúdo exclusivo durante o 5º episódio do Top Coopers Agro.

Também alcançando a média de 2800 pessoas acompanhando e interagindo virtualmente em diferentes plataformas, o novo episódio contou com a participação do Presidente da Cooperativa COOXUPÉ, Carlos Augusto Rodrigues, do Presidente da Cooperativa COOPAVEL, Dilvo Grolli, e do CEO Brasil da UPL, Fabio Torretta, como convidado especial para debater gestão, inovação e perspectivas de futuro para o agronegócio brasileiro. Além disso, o encontro foi mediado pelo diretor da MundoCoop, Luis Claudio Silva, e o palestrante, professor e especialista no tema, José Luiz Tejon.

O debate começou traçando um panorama amplo e atual do setor e mostrando a potencia do agro brasileiro. “Nos últimos 30 anos, crescemos 340% na produção, mas crescemos somente 70% em expansão de área. Esse é o dado mais relevante que podemos dar ao mundo, mostrando que temos condições de suprir a demanda mundial”, acentuou Dilvo Grolli. Para ele, a prioridade é mostrar ao agro mundial que o Brasil será um fornecedor potencial e com preservação do meio ambiente e, dentro do território nacional, “o cooperativismo é o modelo que mais estrutura o agronegócio”.

Entrando no foco do cooperativismo, pontos positivos são sempre muito bem lembrados, mas, também, novos desafios e visões são pautadas. Para Carlos Augusto, aprimorar a comunicação é uma das demandas mais importantes daqui para frente. “Manter a relação com os cooperados envolve comunicação e a produtividade e a qualidade na produção cafeeira aumentam quando há uma boa comunicação. Procuramos cada vez mais melhorar esse relacionamento com o cooperado e estamos apostando no desenvolvimento da cooperativa para ampliar nesse quesito”, comenta.

Vamos ver o que nunca vimos antes, uma intercooperação global” – José Luiz Tejon

Contudo, um dos pontos que foi mais ressaltado foi a necessidade de investir na intercooperação. Foi unanime a importância de melhorar a relação das cooperativas brasileiras com o mercado internacional e como isso pode ser feito através de uma intercooperação que agrega sem desestruturar e amplia o movimento.

Visando aprimorar o presente para prosperar no futuro, o evento foi finalizado com a seguinte questão: Onde estaremos daqui 10 anos? E para responde-la, Dilvo afirmou a expectativa positiva em relação ao futuro do mercado de grãos. “Chegaremos a 2028 com um número acima de 450 milhões de toneladas de grãos na produção com uma incorporação de 1,5 milhão de hectares por ano”, comentou.

Já Carlos, levando em consideração a forte atuação da Cooxupé no mercado global cafeeiro, afirmou que o café sempre será a segunda bebida mais consumida no mundo, mas ainda existem fronteiras grandes para se abrir em relação a consumo. “Temos os melhores cafés para ofertar ao mundo dentro de um sistema de alta sustentabilidade. Esperamos chegar em 2030 com mais de 210 milhões de sacas”. E para finalizar, Fabio Torretta, aposta na sustentabilidade para o sucesso futuro. “O objetivo é nos tornarmos uma empresa que vai ser carbono neutro, inclusive para o agricultor, e sendo um aliado em preservação do meio ambiente”, finaliza.

O Top Coopers Agro tem o apoio da Agroceres, Cresol, UPL, Phibro e Totvs.

Quer assistir na íntegra? Clique aqui


Sobre o Top Coopers Agro

Considerando a grande representatividade do agronegócio no PIB brasileiro (20%) e a ampla participação das cooperativas na alimentação da população do país (50%), a MundoCoop, buscando enfatizar a verdadeira importância do ramo agro, está com um novo projeto imperdível: o Top Coopers Agro.

Com a intenção de proporcionar um espaço para apresentar as visões e perspectivas de cada cooperativa, apresentando desafios e interpretações do presente e futuro para o setor, o Top Coopers Agro será um evento quinzenal, totalmente online, com um total de 16 presidentes das principais cooperativas agro no Brasil e trará 2 convidados por entrevista, criando um espaço de comunicação e troca de experiências.

Próximo evento digital

No dia 08 de outubro às 17h, o TopCoopers Agro vai exibir seu terceiro debate exclusivo reunindo representantes de mais duas cooperativas influentes e gigantes dentro do cooperativismo e do agronegócio brasileiro.

Convidados:

  • COMIGO – Presidente Antonio Chavaglia
  • CASTROLANDA – Diretor Presidente Willem Berend Bouwman

Redação MundoCoop



Publicidade