Cooperação em busca de uma economia verde

Publicado em: 27 setembro - 2021

Leia todas


Plant growing in coins on green grass with female hand. Saving and investment financial concept

Um novo relatório destaca como a cooperativa é um modelo de escolha para enfrentar a mudança climática

Uma nova publicação de pesquisa temática “Cooperação para a transição para uma economia verde” é lançada no dia 23 de setembro. A pesquisa fornece uma visão inovadora sobre como as cooperativas estão agindo para proteger o meio ambiente, bem como mitigar e adaptar-se aos impactos da mudança climática e da degradação ambiental.

Com um enfoque específico em como o princípio sete sobre a preocupação com a comunidade é colocado em ação, o relatório cobre 8 estudos de caso de todas as regiões da ACI e mostra uma variedade de ações ambientais das empresas cooperativas. Exemplos incluem o acesso e a gestão de habitats e recursos naturais através de abordagens cooperativas, respostas inovadoras para minimizar os impactos ambientais e programas e boas práticas dos membros da ACI. Ela apresenta cooperativas de diferentes tamanhos e áreas de atividade, especificamente nos setores de energia, silvicultura, habitação, transporte e finanças.

O relatório demonstra que as cooperativas contribuem para práticas sustentáveis de diversas maneiras. Por exemplo, organizando o fornecimento de serviços ecologicamente corretos, tais como energia renovável, ou através da educação e treinamento cooperativo sobre o meio ambiente. Em geral, o modelo cooperativo de empreendimento pode ser uma alternativa viável aos negócios, como sempre, e está pronto para se tornar um modelo empresarial de escolha no combate à mudança climática e à degradação ambiental.

A publicação também se concentra nas contribuições cooperativas para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, incluindo o ODS 13 sobre ação climática e o ODS 7 sobre energia limpa e renovável. Ela sugere que há uma clara necessidade de ação significativa e coloca uma ênfase clara na necessidade de mudança econômica e social sistêmica para estar à altura do desafio climático. Esta perspectiva é ampliada contra um novo cenário de insegurança e urgência desde o início da pandemia da COVID-19, juntamente com as recentes avaliações do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC).

O relatório foi endossado pelas principais partes interessadas, incluindo representantes de alto nível do movimento cooperativo, da sociedade civil e dos órgãos de pesquisa das Nações Unidas. Ilcheong Yi, Coordenador Sênior de Pesquisa do Instituto de Pesquisa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Social (UNRISD) declarou:

“Ilustrando como o movimento cooperativo como modelo de equilíbrio ecológico incorpora os valores da cooperação, solidariedade, autogestão e democracia nas abordagens de desenvolvimento centradas no planeta, esta pesquisa contribui para o desenvolvimento de políticas e instituições holísticas para alcançar objetivos econômicos, sociais e ambientais. Eu a recomendo como uma leitura obrigatória para aqueles que procuram um meio realista de desenvolvimento sustentável em 2021 e mais além”.

A Parceria ACI-UE sobre desenvolvimento internacional (também conhecida como #coops4dev) foi assinada em 2016 entre a Aliança Cooperativa Internacional e a Comissão Européia para fortalecer o movimento cooperativo como ator chave no desenvolvimento internacional.

Leia mais sobre a #coops4dev em nosso site.

Confira o relatório completo aqui.


Fonte: ICA Coop


Notícias Relacionadas:



Publicidade