Cooperativas como bem cultural intangível, afirma Unesco

Publicado em: 22 dezembro - 2016

Leia todas


As cooperativas foram reconhecidas como um bem cultural intangível pelo Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial da Organização das Nações Unidas para a Educação e a Cultura (Unesco).

Essa decisão, acontecida em 2 de dezembro, na Etiópia, acontece após a Unesco ter incluído a coleção de Robert Owen (fundador do movimento cooperativista) no programa Memória do Mundo, programa criado em 1992, que pretende preservar o patrimônio documental mundial pertence a todos e torná-los permanentemente acessível a todos.Com a inclusão das cooperativas na lista cultural imaterial situa o movimento como útil a todos os países e pessoas, em todo o planeta.

Segundo divulgado pela ACI (Aliança Cooperativa Internacional), as cooperativas são descritas na relação como instituições que “permitem a construção de comunidades através de interesses e valores comuns, criando soluções inovadoras para problemas sociais, desde geração de emprego e assistência a idosos, até projetos de revitalização urbana e energias renováveis”.